F1: Renault opta por motor mais confiável na China

A escuderia Renault optou por um motor mais confiável para a disputa dos Grandes Prêmios da China e do Japão de Fórmula 1 em detrimento de um mais potente, como o que deixou na mão o piloto espanhol Fernando Alonso na prova da Itália.

A equipe trouxe à China duas versões de seu motor D, que é mais potente. Mas, por ter dúvidas quanto à sua confiabilidade, ela decidiu utilizar o equipamento anterior a este na prova do fim de semana.


Um responsável da escuderia francesa disse que, após os testes feitos na fábrica de Viry Chatillon, todos têm plena confiança no equipamento.


Além disso, ele confirmou que a Renault está trabalhando num motor específico, mais potente, para o GP do Brasil, última prova da temporada. O equipamento só deve ser utilizado para esta corrida e terá um limite de aproximadamente 650 quilômetros.


Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *