F1: Restrição a testes durante a temporada pode cair

O baixo nível de desenvolvimento do KERS (sistema de renovação de energia cinética) por parte das equipes de Fórmula 1 pode fazer com que a norma que impede a realização de testes durante o campeonato seja revogada. A informação é do site Grand Prix, que fala dos bastidores da categoria.

A ideia da restrição era reduzir os custos de cada time, mas durante as sessões realizadas há duas semanas em Portugal, os dirigentes se reuniram para discutir a possibilidade de ao menos três testes serem realizados durante nos primeiros meses do próximo Mundial.

“O KERS é novo para todo mundo e ninguém ainda atingiu o nível de confiabilidade que gostaria”, comentou um membro de uma equipe, que não quis se identificar, à publicação. “Faz sentido a gente ter um ano de transição, com menos testes que antes, mas é preciso alguns testes no começo da temporada para ajudar a todos na solução dos problemas. Não é interesse de ninguém ver apenas cinco ou seis carros terminando as corridas”, justificou.

Um dos maiores problemas do KERS até o momento é o fato de as baterias perderem rendimento muito rapidamente, de forma que ainda estão longe de ficarem plenamente operacionais durante uma corrida inteira.

A restrição aos testes foi uma medida que partiu da FOTA (Associação de Equipes da Fórmula 1) e, para que ela deixe de valer, é necessária a concordância de todos os times. Escuderias menores, como a Toro Rosso e a Force India, são as mais interessadas nas mudanças, pois sequer ainda apresentaram seus novos modelos.

A temporada 2009 da Fórmula 1 começa em 29 de março, com o GP de Melbourne (Austrália).

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *