F1: Reunião nesta sexta decide futuro da Fórmula 1

Diante das ameaças de Ferrari, Renault, Toyota e Red Bull em abandonar a Fórmula 1 ao término desta temporada, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu chamar a Associação das Equipes da categoria (FOTA) para uma reunião nesta sexta-feira, em Londres (Inglaterra).

O encontro será para discutir o polêmico “teto orçamentário”. Presidente da FIA, Max Mosley quer, a partir do ano que vem, dar uma série de liberdades técnicas aos times que gastarem menos de 40 milhões de libras (cerca de R$ 127 milhões) por ano. Quem não seguir esta regra terá uma série de imposições, como a limitação dos giros do motor.

Boa parte das escuderias, no entanto, é contrária a esta regra, alegando que ela criará duas categorias dentro de uma – daí a ameaça de Ferrari, Toyota, Renault e Red Bull. Os defensores da medida, por sua vez, respondem que ela trará novos times para a Fórmula 1, aumentando a atenção do público e a competitividade.

Quem também estará presente no encontro é Bernie Ecclestone, presidente da Formula One Management (FOM), empresa que cuida dos negócios da Fórmula 1. E o dirigente já sinalizou a sua opinião.

“A chave desta história é a Ferrari, que está na Fórmula 1 há 60 anos e deve ser levada em consideração. Assim que resolvermos as coisas com eles, tudo estará bem”, afirmou Ecclestone.

A reunião desta sexta foi um pedido da FOTA, que divulgou comunicado oficial para pressionar a FIA. O prazo para inscrições das equipes na temporada 2010 vai de 20 a 29 de maio.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *