F1: Ricciardo exalta maneira com que a Red Bull trata disputa com Verstappen

Daniel Ricciardo e Max Verstappen formaram uma dupla de sucesso na Red Bull na temporada de 2016 da Fórmula 1. O australiano, inclusive, exaltou como a equipe trata a disputa entre ele e seu companheiro.

“Acho que a Red Bull tem o equilíbrio bom. Eu, definitivamente, nunca tive medo de lutar com Max. A equipe nunca teve que dizer, ‘Olha, vocês não podem fazer isso’. Então acho que foi a abordagem certa e eles devem continuar fazendo isso. Até o momento, temos lidado com isso como homens. Houve respeito”, disse ao Motorsport.com.

Apesar da liberdade, Ricciardo revelou que a Red Bull pede para que ambos pilotos tomem cuidado para, durante alguma batalha, não se tocarem e acabarem saindo da corrida, o que prejudicaria a equipe como um todo.

“Se nos qualificamos um ao lado do outro, dizem: ‘Apenas tenham cuidado na primeira curva, não arruínem as corridas de cada um’, mas além disso podemos correr, lutar duro e batalhar, mas não podemos nos tocar. Com esse percentual extra de respeito, sabemos que se nos prejudicarmos, estamos prejudicando 600 ou 700 pessoas que trabalham para o time”, continuou.

Ainda que tenha uma ótima relação com Verstappen, com o chefe da Red Bull chegando a declarar que os pilotos são como irmãos, Daniel revelou que não fica satisfeito quando o holandês o vence. Mesmo assim, acredita que tudo se transforma em aprendizado.

“Nas vezes que ele me venceu, claro que fiquei chateado, não gosto de perder. Mas reconheço que ele dirigiu muito bem e fez o que tinha que fazer. Acho que se formos sensatos, podemos lidar com a derrota e dizer: ‘Ele fez o melhor trabalho naquele dia’, mas depois aprendemos com isso e nos tornamos melhores, então devemos estar bem”, finalizou.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *