F1: Robert Kubica lamenta problema de motor no segundo treino livre

Cada volta é importante quando se está correndo em uma pista nova, como a de Abu Dhabi. Pilotos e engenheiros tentam ficar o máximo de tempo em ação para colher o maior número de dados possíveis para encontrar o melhor acerto do carro. Por este ponto de vista, o maior prejudicado nesta sexta-feira foi Robert Kubica que viu o motor de seu BMW quebrar durante a segunda sessão de treino livre.

“Estávamos começando a trabalhar no acerto do carro e na análise dos pneus, quando tive um problema de motor. As condições da pista melhoram a cada volta, esta é uma grande perda, pois perdi quase uma hora de valioso tempo de pista.”.

Apesar de ter assistido boa parte do treino da tarde, o polonês, que vai correr na Renault em 2010 e, consequentemente, disputa neste fim de semana seu último Grande Prêmio pela BMW, achou o traçado do circuito de Yas Marina interessante.

“A pista é bem interessante, apesar de não ter muitas curvas de alta velocidade. O último trecho me lembrou o circuito de Cingapura”, analisou.

Fonte: Lancepress! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *