F1: Robert Kubica substitui Jacques Villeneuve na Hungria

O polonês Robert Kubica irá substituir o canadense Jacques Villeneuve na BMW Sauber no GP da Hungria marcado para o próximo domingo (06/08). A informação foi divulgada nesta terça-feira (01/08) pela equipe.

 


Segundo o comunicado o canadense conversou com Mario Theissen, diretor da BMW Sauber, e disse não estar preparado para disputar a prova húngara. Ele bateu seu carro fortemente na entrada da reta de Hockenheim no último domingo (30/07), na 31º volta do GP da Alemanha. Ele saiu andando tranqüilamente do carro, mas segundo informações ele tem sentido fortes de dores de cabeça.


 


Será a estréia de Robert Kubica na F-1, e ele terá uma chance de ouro pra provar seu talento, pois costuma andar muito bem nos treinos de sexta-feira, com o 3º carro da BMW Sauber.


 


Casos de pilotos que depois de fortes batidas, em que o carro se desintegra, mas o piloto nada sofre fisicamente, mas sentem insônia ou fortes dores de cabeça nos dias seguintes, tem sido comuns nos últimos anos na F-1. Diferentemente de antigamente, quando invariavelmente o piloto sofria diversas fraturas graves, ou até mesmo fatais, depois de acidentes fortes, e os carros se desintegravam, os carros de F-1 atuais são feitos para dar a máxima segurança ao piloto. O carro praticamente se desmancha todo sobrando apenas o cockpit inteiro, e o piloto sem nenhum ferimento. Porém a forte desaceleração faz com que o piloto sinta problemas internos. Nelson Piquet disse em uma entrevista que depois de seu acidente nos treinos para o GP de San Marino de 1987, passou vários meses sem conseguir dormir direito.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *