Rally dos Sertões: Riamburgo Ximenes faz corrida de recuperação e segue na busca por recuperar posições

No sexto dia da competição, o piloto cearense volta ao ritmo da prova após o susto nas areias da especial mais dura do rali.


Neste sexto dia da maior competição off road da América Latina, o Rally dos Sertões enfim ofereceu um dia tranquilo, sem grandes sustos para os pilotos ponteiros. A disputa na pista foi intensa e a vitória do dia na geral foi da equipe Palmeirinha X-Trail da BMW, com o tempo de 1h56min45seg.

Mas, com tantas reviravoltas nos resultados nestes seis dias de competição, o destaque vai para a categoira production, que tem demonstrado sua competitividade na pista. Dos cinco carros primeiros colocados, apenas um não é production.

Riamburgo Ximenes e Flávio Marinho, após o susto de quase não conseguirem completar a especial de ontem, tiveram um dia tranquilo e completaram o trecho cronometrado com o sexto melhor tempo, 2h06min52seg. No acumulado geral a dupla mantém-se em quinto lugar. Excelente resultado, considerando que depois de terem a tração quebrada dentro do pior trecho de areia que o Rally dos Sertões já ofereceu em todas as suas edições, eles largaram hoje na vigésima sexta posição. Para conquistar o quinto lugar do dia, ultrapassaram 12 carros, mas seguem firmes na busca por reconquistar posições.

“Largar atrás sempre exige que andemos forte. Ultrapassar vários carros dentro de um especial nos faz perder minutos preciosos para o resultado do dia. Mas, deu tudo certo hoje e com o bom resultado do quinto lugar voltamos amanhã a largar entre os dez primeiros. Continuamos em quinto lugar na geral acumulada, mas nosso objetivo agora é recuperar pelo menos a terceira colocação, posição que tinhamos antes dos problemas de ontem”, afirmou Ximenes.

A etapa desta terça-feira teve como principais caracteristicas trial com muitas pedras, subidas e descidas fortes, muitas lages e verdadeiras calçadas de pedras muito escorregadias. Os competidores passaram ainda por trechos com um tipo misto de areia e piçarras com muitas depressões. Mesmo assim, este foi um bom dia para acelerar. Ao todo foram cumpridos 312 quilômetros entre as cidades de Barra e Seabra, na Bahia. O trecho cronometrado teve 152 quilômetros.

Resultado 6° etapa geral:
1° Paulo Nobre/Luiz Palú – 1h56min45seg
2° Kléver Kolberg/ Eduardo Bampi – 1h57min55seg
3° Reinaldo Varella/Marco Macêdo – 1h59min24seg
4° João Franciosi/ Rafael Capoanni – 2h06min19seg
5° Felipe Bibas/ Emerson Cavasin – 2h06min21seg
6° Riamburgo Ximenes/Flávio França – 2h07min52seg

No geral acumulado após 6 etapas Riamburgo Ximenes/Flávio França estão em 5° lugar na geral, na categoria production seguem em 4° lugar.

Resultado Geral acumulado após 6 etapas:
1° João Franciosi/ Rafael Capoani – 21:52min38seg – Production
2° Reinaldo Varella/ Marco Macêdo – a 00h02min44seg – Production
3° Marcus Baumgart/ Alberto Andreoti – a 00h57min14seg – Protótipos
4° Reinaldo Iglesias /Daniel Brasil – a 02h06min52seg – Production
5° Riamburgo Ximenes/Flávio França – a 02h21min22seg – Productio

O rali amanhã segue da cidade de Seabra para Brumado, tudo na Bahia.

Riamburgo Ximenes tem o patrocínio de: Mitsubishi Motors do Brasil, Nissei Mitsubishi Fortaleza, Bf Goodrich , Ypióca e Ponto da Moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *