F1: Rosberg lamenta punição e diz que está frustrado

Nico Rosberg, 11º colocado no GP de Cingapura, realizado neste domingo, disse que sua corrida foi “extremamente frustrante”.

O alemão da Williams, que exibiu grande performance no treino classificatório e largou na terceira posição, lamentou os acontecimentos em Marina Bay.

“O desenrolar da corrida hoje foi extremamente desapontador. Cometi um erro desnecessário parando muito tarde e passando por cima da linha branca na saída do pit lane”, disse.

“Isso me deixou com um sentimento horrível, também para a equipe, sabendo que eu não seria o segundo após cumprir o drive-through e que teria de ficar atrás pelo resto da corrida”, lamentou.

“A equipe me deu um ótimo carro desta vez e tentou melhorá-lo mais do que nunca. Agora estou determinado a usar isto como uma vantagem no Japão”, disse.

Seu companheiro de equipe, o japonês Kazuki Nakajima, terminou em nono e destacou a dificuldade de se adaptar ao traçado de Marina Bay.

“Foi uma corrida difícil e penso que fiz o melhor que pude, mas fi triste não estar na briga pelos pontos. O carro esteve ótimo aqui e talvez possamos mantê-lo bem para as próximas corridas”, afirmou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *