F1: Ross Brawn diz que Barrichello teria pane seca

O diretor da equipe Honda, Ross Brawn, admitiu que errou na estratégia de corrida do brasileiro Rubens Brasileiro. O piloto foi chamado aos boxes quando eles estavam fechados. Porém o estrategista da equipe disse Barrichello sofreria de pane seca caso não entrasse nos pits para reabastecer naquele momento.

“Logo após chamarmos Rubens para o pit-stop, Timo Glock teve o acidente que provocou a entrada do safety-car. Não tivemos alternativa a não ser chamá-lo para reabastecer, mesmo sabendo que ele teria de cumprir uma penalização por isso”, explicou o estrategista.


A saída do piloto dos boxes, com a luz vermelha, não foi culpa de Barrichello segundo o inglês.


“Barrichello arrancou quando levantaram o ‘pirulito’, com a mangueira de combustível ainda conectada, e deixou os boxes quando era proibido, resultando em uma clara quebra no regulamento”, disse Brawn. 


Brawn elogiou a corrida do brasileiro, que terminou em sexto antes de ser desclassificado.


“Foram várias circunstâncias únicas, que prejudicaram uma corrida muito comprometida de Rubens. Ele começou bem e conseguiu manter Kimi Raikkonen atrás por 19 voltas, e isso mostra que temos algo positivo para aproveitar deste final de semana”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *