F1: Rubens Barrichello lamenta acidente na largada

Brasileiro lamente acidente em Monza na largada, que prejudicou sua prova

Após fazer uma largada brilhante, quando ganhou de 4 posições, Rubens Barrichello ficou impedido de seguir devido ao acidente causado por Vitantonio Liuzzi que atropelou Vitaly Petrov e Nico Rosberg. Rubens vinha logo atrás e ficou sem saída, parado entre os carros de Petrov e Rosberg.

No entanto, após a entrada do Safety Car, Rubens conseguiu se livrar dos acidentados e fez uma parada nos boxes prematura, mas mudando a estratégia, já colocando o pneu duro e fazendo apenas mais uma parada. Com isso, o brasileiro conseguiu se recuperar do incidente na largada.

E Rubens seguiu andando no limite do carro, e tentando ser competitivo com o FW33. O brasileiro fez a segunda parada e voltou na 13a posição, ainda ganhou mais uma, e finalizou a prova na 12a posição.

“Eu ultrapassei quatro carros e estava em uma posição ótima na largada, porém veio o Liuzzi levando meio mundo. O Rosberg quebrou a minha asa ao tentar sair. Aí mudamos a estratégia de mais uma parada só com pneu duros. Se não tivesse o problema na largada, podia brigar para chegar entre os oito primeiros. Para Singapura, a gente terá a última atualização aerodinâmica e vamos ver o que acontece”, comentou o brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *