F1: Rubens Barrichello termina Grande Prêmio da China na 12ª colocação

Escolha na troca de pneus foi decisiva em Xangai.

O piloto brasileiro Rubens Barrichello terminou o confuso Grande Prêmio da China na 12ª colocação. Durante a entrada do safety car que aconteceu na largada, a equipe Williams chamou o piloto brasileiro para boxes ainda na primeira volta trocando os pneus slicks de Rubens Barrichello para os intermediários, com isso, o brasileiro perdeu rendimento nas voltas seguintes porque parou de chover.

Para o Barrichello, as paradas nos boxes foram fundamentais para o resultado final da corrida. “A corrida não foi como o planejado. Eu fui chamado para os boxes para colocar pneus intermediários no início da prova, a corrida se desenvolveu a partir disso. Penso que fizemos boas paradas de boxes durante a prova, mas a essa altura já era tarde para recuperar”, disse Rubens Barrichello, que já venceu a corrida chinesa no ano de 2004.

O diretor técnico da equipe Williams, o australiano Sam Michael, comentou sobre a movimentada etapa chinesa. “Foi decepcionante não marcar pontos hoje, com qualquer carro. Algumas de nossas paradas de boxes foram erradas, outras certas, mas no geral não acertamos nas decisões. Rubens fez um bom início de corrida, nós temos melhorado nessa área desde a Malásia”, comentou Michael.

O vencedor da corrida chinesa foi o inglês Jenson Button da equipe McLaren que agora é o novo líder do campeonato mundial de Fórmula 1 com 60 pontos.

A próxima corrida será daqui a três semanas com o Grande prêmio de Barcelona, na Espanha, no dia 9 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *