F1: Rubens cruza a linha de chegada em 7º no agitado GP da Coreia do Sul

Com problemas nos pneus ao final da prova, Barrichello leva Williams aos pontos.

A chuva que atrasou as obras do circuito de Yeongam durante todo o ano e colocou em risco o primeiro Grande Prêmio da Coreia do Sul, voltou a cair forte neste domingo (24) antes e durante a 17ª etapa do campeonato mundial de Fórmula 1, atrasando o início da prova e deixando a pista sem aderência.

Largando na décima colocação no grid, o brasileiro Rubens Barrichello ocupava a quinta colocação na parte final da prova, no entanto, o alto desgaste de seus pneus fez com que o piloto da Williams caísse para a sétima posição.

“Foi uma corrida difícil, mas estávamos competitivos hoje. Eu fui sortudo na questão da entrada do Safety Car e estava andando em uma boa posição até os estágios finais. Infelizmente, eu fiquei sem pneu nas últimas cinco voltas, o que me custou dois lugares no fim. Foi muito difícil na pista hoje, então, estou satisfeito por ter conseguido completar a corrida”, afirmou Rubens.

O resultado obtido em Yeongam foi motivo de comemoração na Williams F1. “A inauguração da corrida coreana foi muito movimentada. Terminar a corrida com os dois carros nos pontos é um resultado sólido”, disse John Russel, principal engenheiro do time inglês.

A vitória do primeiro Grande Prêmio da Coreia do Sul de Fórmula 1 ficou com o espanhol Fernando Alonso da Ferrari, líder do mundial. A próxima etapa da temporada acontece no Brasil, dia 7 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *