F1: Rubens lamenta incidente com o espanhol Alguersuari no início da prova

Para o brasileiro, o carro da Williams F1 poderia terminar a corrida em uma boa colocação.

A oitava etapa do campeonato mundial de Fórmula 1 foi disputada na tarde deste domingo (13) em Montreal, no circuito Gilles Villeneuve, no Canadá. O brasileiro Rubens Barrichello largando na 11ª colocação conseguiu finalizar a prova no 14º posto após um problema de refrigeração em seu carro, ocasionado por um toque do espanhol Jaime Alguersuari.

“Fomos para a corrida com nosso objetivo de ficar na margem dos pontos, mas tornou-se uma corrida muito movimentada. Tive um problema no grid, então tive que tentar recuperar alguns lugares. O Alguersuari me bateu com um impacto de (força) 2G depois de eu já ter o ultrapassado. O dano bloqueou o duto de refrigeração do meu freio dianteiro esquerdo, e quando a temperatura subiu, eu perdi o pedal e tive que deixar os carros passarem até chegar ao pit”, comentou o piloto da Williams F1.

O brasileiro ainda relata que demorou algumas voltas para o carro se estabilizar. “Mesmo após a parada, levou três voltas para o pedal de freio voltar, este incidente realmente acabou com a nossa corrida. É frustrante para toda a equipe que certamente tinha um carro capaz de ter um bom final hoje”, afirmou Barrichello.

O vencedor do Grande Prêmio do Canadá foi o inglês Lewis Hamilton que saiu na pole-position e agora é o novo líder do campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *