F1: Safety Car derruba estratégia da Williams de Rubens em Cingapura

Vettel vence mais uma e tem tudo para erguer a taça de campeão na próxima corrida

Rubens Barrichello não teve uma corrida das mais fáceis na temporada de 2011 da Fórmula 1 e completou o Grande Prêmio de Cingapura, em Marina Bay, neste domingo (25), na 13ª posição. O brasileiro da Williams quase chegou dentro da zona de pontuação ao final da prova, mas a estratégia de uma troca de pneus a menos que a concorrência se tornou difícil para segurar o compatriota Felipe Massa na briga pelo décimo lugar. Rubens teve de fazer uma parada prematura na segunda visita aos pits devido a entrada do Safety-Car, após o acidente envolvendo Michael Schumacher.

“Dissemos desde o início que os pneus teriam uma vida dura. Quando o safety car entrou, a única chance de marcar pontos era permanecer na pista. Foi uma decisão difícil de fazer, pois ficaria muitas voltas com o mesmo pneu, e quando Massa veio atrás de mim, não havia nada que eu pudesse fazer. Tentamos, mas hoje não era o nosso dia”, disse Rubens.

Sebastian Vettel venceu a nona do ano e se aproximou muito do título, que deve ser decidido no Grande Prêmio do Japão, dia 9 de outubro, em Suzuka.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *