F1: Sauber garante apoio a Gutiérrez e desmente boatos de demissão

Estreante na Fórmula 1 em 2013, Esteban Gutiérrez não marcou sequer um ponto após quatro corridas disputadas. As performances apresentadas pelo mexicano também têm gerado grandes críticas ao redor do mundo. Mesmo com boatos de que poderia ser demitido da Sauber, Peter Sauber, chefe da equipe, fez questão de declarar que isso não passa por sua cabeça e que ainda é cedo para fazer uma avaliação.

“Esteban teve um começo difícil, o que resultou em algumas reações críticas da mídia. Claro que não estamos satisfeitos com os resultados até agora, e nem ele está. Mas depois de quatro corridas, não há por que discutir sobre pilotos”, declarou o dirigente.

Na temporada, o mexicano esteve envolvido em acidentes e sua melhor colocação foi um 12º lugar, conquistado no GP da Malásia. Na prova de estreia, na Austrália, ele ficou em 16º, não completou o circuito na China e foi o 18º no Bahrein. Com isso, nas últimas semanas, Sébastien Buemi e Fabio Leimer começaram a ser apontados como possíveis substitutos do piloto, como afirma o jornal Blick. No entanto, Sauber lembrou da relação de Gutiérrez com a equipe.

“Esteban tem o apoio total da equipe para que ele possa transformar seu talento em resultados. Nós não o apoiamos durante vários anos para nada”, declarou. O mandatário mantém contato com o jovem de 21 anos desde 2008, um ano após ele conquistar a F-BMW Europeia.

Enquanto o novato ainda não fez grandes corridas pela equipe, seu parceiro, Nico Hülkenberg, vem correspondendo às expectativas e ocupa a 14ª colocação da classificação mundial de pilotos, com cinco pontos somados.

“Ele trouxe exatamente o que dele se esperava. Ele não é apenas rápido, mas também consistente e oferece informações valiosas aos engenheiros. Cabe a nós, agora, dar-lhe um carro que o leve regularmente ao Q3 e lutar pelas primeiras colocações”, avaliou Sauber.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *