F1: Schumacher lamenta problema na asa móvel traseira

Michael Schumacher ficou frustrado com o desempenho da Mercedes no treino de classificação para o GP da China. O piloto alemão largará apenas em 14º lugar e apontou o principal problema que teve neste sábado no circuito de Xangai: a asa móvel traseira.

“Descobrimos que a asa móvel traseira do meu carro não estava funcionando de forma correta na curva 14. Foi uma pena, pois demonstramos claramente neste fim de semana que, como equipe, melhoramos muito”, disse.

Schumacher acha que a Mercedes apresentou uma boa evolução para o GP da China. Para ele, a prova disso foi o desempenho de seu companheiro Nico Rosberg, que fez o quarto melhor tempo e largará atrás apenas de Sebastian Vettel, Jenson Button e Lewis Hamilton.

“Nico provou que seu quarto lugar era uma meta realista para nós. Espero andar em um ritmo forte no começo da corrida e que tenhamos um bom desempenho para que eu possa ganhar algumas posições”, concluiu Schumacher.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *