F1: Schumacher volta aos bons tempos e vence em Nürburgring

O pentacampeão Mundial de F-1, o alemão Michael Schumacher, da Ferrari, venceu, como nos velhos tempos, o GP da Europa, em Nürburgring, na Alemanha neste domingo (07/05). O atual campeão, o espanhol Fernando Alonso, da Renault, foi o 2º e Felipe Massa, da Ferrari, em 3º, conquistou o seu primeiro pódio.


Na largada o pole-position Alonso manteve a ponta, com Michael Schumacher em 2º, Massa em 3º e Rubens Barrichello, da Honda, caindo de 4º para 7º. Um choque entre o italiano Vitantonio Liuzzi, de Toro Rosso, com o escocês David Coulthard, da Red Bull, na largada fez o ex-piloto da McLaren ir aos boxes reparar o seu carro, abandonando logo depois. Liuzzi ficou na pista com o pneu traseiro esquerdo furado, tentando chegar aos boxes, mas acelerou demais, o pneu saiu da roda de vez e ele rodou ficando parado numa curva, de forma perigosa. O Safety Car foi acionado para a retirada do carro.

Na relargada Alonso permaneceu à frente de Schumacher, que não deixava o espanhol abrir vantagem. Na 17º volta Alonso parou para seu primeiro reabastecimento e troca de pneus. Schumacher parou na seguinte, mas retornou atrás do espanhol.

As vinte voltas seguintes foram com Alonso na frente e Schumacher perto, mas sem tentar uma única vez a ultrapassagem na pista. Na 38º o piloto da Renault entrou para o seu segundo pit stop. Ai Michael Schumacher fez o que mais sabe fazer. Acelerou o máximo que pode com a pista livre, para poder entrar nos boxes, fazer a sua parada e voltar à frente de todos.

Foram duas voltas rápidas o suficiente para uma parada perfeita e o retorno a pista a frente de Alonso. Nas voltas seguintes o carro de Alonso não estava tão equilibrado e à diferença aumentou e Schumacher venceu com tranqüilidade, a sua 86º na carreira.

Felipe Massa segurou bem a pressão do finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, e conquistou o seu primeiro pódio na F-1. Rubens Barrichello fez uma boa corrida e terminou em 5º. Giancarlo Fisichella, da Renault, que xingou Jacques Villeneuve, da BMW-Sauber, no treino de ontem, passou uma boa parte da corrida atrás do canadense, chegando ao final em 6º. Jacques foi o 8º. Entre eles Nico Rosberg, da Williams, que fez uma grande corrida, saindo da última posição no grid, e parando apenas uma vez nos boxes, conquistou 2 pontos.

O campeonato, depois do domínio inicial da Renault, está aberto, esperando ainda a chegada da McLaren na festa.

Classificação Final:

1) Michael Schumacher (ALE/Ferrari/B), 60 voltas em 1h35min58s765
2) Fernando Alonso (ESP/Renault/M), a 3s751
3) Felipe Massa (BRA/Ferrari/B), a 4s447
4) Kimi Raikkonen (FIN/McLaren-Mercedes/M), a 4s879
5) Rubens Barrichello (BRA/Honda/M), a 1min12s556
6) Giancarlo Fisichella (ITA/Renault/M), a 1min14s116
7) Nico Rosberg (ALE/Williams-Cosworth/B), a 1min14s556
8) Jacques Villeneuve (CAN/BMW Sauber/M), a 1min29s364
9) Jarno Trulli (ITA/Toyota/B), a 1 volta
10) Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber/M), a 1 volta
11) Scott Speed (EUA/Toro Rosso-Cosworth/M), a 1 volta
12) Tiago Monteiro (POR/MF1-Toyota/B), a 1 volta
13) Christijan Albers (HOL/MF1-Toyota/B), a 1 volta


Abandonos:


Ralf Schumacher (ALE/Toyota/B), 53 voltas
Juan Pablo Montoya (COL/McLaren-Mercedes/M), 53 voltas
Takuma Sato (JAP/Super Aguri-Honda/B), 46 voltas
Franck Montagny (FRA/Super Aguri-Honda/B), 30 voltas
Jenson Button (ING/Honda/M), 29 voltas
Christian Klien (AUT/Red Bull-Cosworth/M), 29 voltas
Mark Webber (AUS/Williams-Cosworth/B), 13 voltas
David Coulthard (ESC/Red Bull-Ferrari/M), 3 voltas
Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso-Cosworth/M), 1 volta


Campeonato de pilotos:


1) Fernando Alonso (Renault) 44 pontos
2) Michael Schumacher (Ferrari) 31
3) Kimi Raikkonen (McLaren) 23
4) Giancarlo Fisichella (Renault) 18
5) Felipe Massa (Ferrari) 15
6) Juan Pablo Montoya (McLaren) 15
7) Jenson Button (Honda) 13
8) Ralf Schumacher (Toyota) 7
9) Rubens Barrichello (Honda) 6
10) Mark Webber (Williams) 6
11) Jacques Villeneuve (BMW Sauber) 6
12) Nick Heidfeld (BMW Sauber) 5
13) Nico Rosberg (Williams) 4
14) David Coulthard (Red Bull) 1
15) Christian Klien (Red Bull) 1


Construtores:


1) Renault 62 pontos
2) Ferrari 46 pontos
3) McLaren 38 pontos
4) Honda 19 pontos
5) BMW Sauber 11 pontos
6) Williams 10 pontos
7) Toyota 7 pontos
8) Red Bull 2 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *