F1: Sebastian Vettel vence GP do Canadá

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) venceu neste domingo (09/06), o GP do Canadá, no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, 7ª etapa da temporada. Foi a 29 ª vitória de Vettel na categoria, e terceira no ano. O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e o britanico Lewis Hamilton (Mercedes) completaram o pódio.

Pole-position, Vettel dominou a prova, liderando 67, das 70 voltas disputadas. Apenas uma raspada no “Muro dos Campões” na 11ª volta, e depois uma escapada na grama; preocuparam a equipe durante a prova.

Somente entre a 16ª e 18ª, quando fez a sua primeira parada nos boxes, o alemão deixou a ponta. Hamilton liderou.

Com a parada do britânico da Mercedes na 19ª volta, Vettel retomou a ponta, em definitivo. Após a primeira sessão de paradas, a melhor briga da prova era entre o alemão Nico Rosberg (Mercedes), o australiano Mark Webber (Red Bull) e Alonso, pela terceira posição.

Na 31ª volta usando o DRS (A Asa Traseira Móvel), Webber passou Rosberg, que na sequencia também foi superado por Alonso. Em seguida, Rosberg, que tinha os pneus supermacios, parou, trocando pelos macios. Com isso, apenas Massa usava os pneus supermacios naquele momento, e perdia rendimento e posições.

Retardatário, o holandês Giedo van Der Garde (Caterham), fechou Webber na 38ª volta, com os dois se tocando. Apesar do toque e da asa dianteira danificada, o australiano conseguiu manter a terceira posição, mas com Alonso logo atrás. Quatro voltas depois, Alonso passou Webber.    

O espanhol partiu então para cima de Hamilton, diminuindo volta a volta a vantagem do britânico. Após uma disputa lado a lado na 62ª volta, Alonso ultrapassou Hamilton. O britânico ainda tentou recuperar a posição, usando o DRS, sem sucesso.

Tranquilo, Vettel venceu pela primeira vez no Canadá. O tri-campeão recebeu a bandeirada após 70 voltas com 14s408 de vantagem sobre Alonso. Hamilton foi o terceiro.

Webber terminou em quarto, seguido por Rosberg. O francês Jean Eric-Vergne (Toro Rosso) conquistou o seu melhor resultado na F-1, com o sexto lugar. O escocês Paul di Resta (Force India) fez a sua primeira parada apenas na 57ª volta, terminando em sétimo.

O brasileiro Felipe Massa (Ferrari), depois de alinhar apenas na 16ª posição (bateu no classificatório), ultrapassou o finlandês Kimi Raikkonen (Lotus) na volta final, pela 8ª posição.

O alemão Adrian Sutil (Force India) fechou os dez primeiros, após uma prova muito complicada. Nas primeiras voltas ele rodou, ao disputar posição com o finlandês Valtteri Bottas (Williams), e pouco depois levou um toque na traseira da outra Williams, do venezuelano Pastor Maldonado. Na parte final, levou um drive-through, por ignorar bandeiras amarelas.

Bottas, terceiro no grid, não manteve o rendimento na prova. Terminou na 14ª posição, e a Williams continua zerada no campeonato.

Quem também teve uma prova para esquecer foi a McLaren. Depois de nenhum carro largar entre os dez primeiros, deixou o Canadá sem pontos. O mexicano Sergio Pérez foi o 11º, seguido pelo britânico Jenson Button.

Vettel lidera o campeonato com 132 pontos. Alonso em segundo soma 96, seguido por Raikkonen com 88. Massa é o sétimo com 49.

A próxima etapa, o GP da Inglaterra, em Silverstone, acontece no dia 30 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *