F1: Sebastian Vettel vence GP do Japão

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) venceu neste domingo (13/10), o GP do Japão, em Suzuka, 15ª etapa da temporada. Foi a 9ª vitória de Vettel no ano, a 5ª consecutiva. O australiano Mark Webber completou a dobradinha da Red Bull. O francês Romain Grosjean (Lotus) foi o terceiro.

Saindo da quarta posição do grid, Grosjean fez uma ótima largada, assumindo a ponta, seguido por Webber, o pole-position, e Vettel. Terceiro no grid, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) tocou na asa dianteira de Vettel, e teve o pneu traseiro direito furado. O britânico foi para os boxes trocar o pneu.

No final do grid, o holandês Giedo van der Garde (Caterham) e o francês Jules Bianchi (Marussia) se tocaram. Ambos saíram reto, acabando a prova na caixa de brita.

Na 8ª volta, começou a primeira sessão de paradas para a troca de pneus. Uma volta depois, Hamilton entrou nos boxes, e abandonou a prova. Na 11ª volta, Webber fez a sua primeira parada. Na seguinte foi a vez de Grosjean parar, voltando a frente de Webber.

Nos boxes, a Mercedes liberou o alemão Nico Rosberg antes da hora, e ele quase bateu no mexicano Sergio Pérez (McLaren), que entrava para o seu pit stop.
Na 14ª volta, Vettel fez a sua parada, voltando em terceiro, atrás de Grosjean e Webber. Duas voltas depois, Rosberg cumpriu um drive-through, pelo incidente com Pérez.

Ainda sem parar nos boxes, o australiano Daniel Ricciardo (Toro Rosso), que largou com pneus duros, vinha em quarto, segurando um pelotão, composto pelo alemão Nico Hulkenberg (Sauber), as Ferrari do brasileiro Felipe Massa e Fernando Alonso, e o mexicano Esteban Gutiérrez (Sauber). Já sem pneus, Ricciardo começou a perder posições, finalmente parando na 22ª volta.

Grosjean liderava, com dois segundos de vantagem sobre Webber, que também tinha dois segundos para Vettel. Na 25ª volta, Webber foi para os boxes, para a segunda troca de pneus. Grosjean entrou nos boxes pela segunda vez na 30ª volta, com Vettel assumindo a liderança.

Na 32ª volta, Ricciardo levou um drive-through, por exceder os limites da pista, ao ultrapassar o alemão Adrian Sutil (Force India). Na seguinte, Massa também levou um drive-through, por excesso de velocidade nos boxes.

Com a estratégia de duas paradas, Vettel entrou nos boxes apenas na 37ª volta, retornando 2s4 segundos atrás de Grosjean. Webber era o líder.

Com pneus mais novos, e usando o DRS (Asa Traseira Móvel), Vettel não teve dificuldades para superar Grosejan, na curva um da 40ª volta. Duas voltas depois, Webber fez a sua terceira parada nos boxes, deixando o parceiro de equipe na liderança.

Disputando posição, na 44ª volta, Rosberg tocou no pneu traseiro esquerdo de Pérez, que furou. O mexicano foi para os boxes, colocar outro pneu. Na 46ª volta, depois de uma intensa disputa, Alonso passou Hulkenberg pelo quarto lugar. Pouco depois, o alemão também seria superado pelo finlandês Kimi Raikkonen (Lotus).

Com pneus mais novos, Webber colou na traseira de Grosjean, que se defendia dos ataques do australiano. Com isso Vettel abria vantagem na frente. Na penúltima volta o veterano piloto, que deixa a F-1 no final do ano, conseguiu a ultrapassagem na curva um.

Vettel venceu pela 35ª vez na categoria. Webber e Grosjean completaram o pódio.

Alonso foi o quarto, seguido por Raikkonen e Hulkenberg. Gutiérrez, em sétimo, marcou os seus primeiros pontos na categoria. Rosberg foi o oitavo, seguido pelo britânico Jenson Button, que na penúltima volta, superou Massa.

Grosjean liderou 26 volta. Vettel 22 e Webber cinco.

Vettel soma 297 pontos, 90 a mais do que Alonso. Para ser tetracampeão, Vettel precisa apenas de um quinto lugar na próxima prova, o GP da Índia, que acontece no dia 27 de outubro.

Final:

1 Sebastian Vettel Red Bull 53 voltas em 1:26:49.3
2 Mark Webber Red Bull + 7.1
3 Romain Grosjean Lotus + 9.9
4 Fernando Alonso Ferrari + 45.6
5 Kimi Räikkönen Lotus + 47.3
6 Nico Hülkenberg Sauber + 51.6
7 Esteban Gutiérrez Sauber + 1:11.6
8 Nico Rosberg Mercedes + 1:12.2
9 Jenson Button McLaren + 1:20.8
10 Felipe Massa Ferrari + 1:29.2
11 Paul Di Resta Force India + 1:38.5
12 Jean–Eric Vergne Toro Rosso + 1 volta
13 Daniel Ricciardo Toro Rosso + 1
14 Adrian Sutil Force India + 1
15 Sergio Pérez McLaren + 1
16 Pastor Maldonado Williams + 1
17 Valtteri Bottas Williams + 1
18 Charles Pic Caterham + 1
19 Max Chilton Marussia + 1
Ab Lewis Hamilton Mercedes + 46
Ab Jules Bianchi Marussia + 53
Ab Giedo van der Garde Caterham + 53

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *