FIA F3 European: Prema vence as três provas em Vallelunga

A Prema Powerteam venceu as três provas disputadas no Autódromo Piero Taruffi, em Vallelunga, na Itália, válidas pela penúltima etapa da temporada. Líder do campeonato, o italiano Raffaele Marciello venceu a primeira e a terceira prova. O britânico Alex Lynn venceu a segunda prova.

No sábado (12/10), foi disputada a primeira prova da etapa. Marciello largou na pole e venceu com 1s05 de vantagem sobre o britânico Alexander Sims (T Sport). Lynn fechou o pódio.

O brasileiro Luis Derani (Fortec) terminou em sexto lugar.

Rival de Marciello na disputa pelo título, o sueco Felix Rosenqvist (Mucke) foi o décimo colocado. Ele alinhou em 27º e último lugar, após ter uma suspensão quebrada no classificatório.

Neste domingo (13/10), Lynn venceu a segunda prova, também saindo da pole. Sims foi novamente o segundo, seguido pelo russo Daniil Kvyat (Carlin).

Derani repetiu o sexto lugar. Rosenqvist terminou em nono, novamente após alinhar em último, devido a um incidente no classificatório.

Com problemas técnicos em seu carro, Marciello abandonou logo após a largada.

A prova teve a intervenção do Safety-Car, por duas vezes nas primeiras voltas. Ambas por carros parados na pista.

Poucas horas após abandonar a segunda prova, Marciello venceu pela 12ª vez na temporada. Derani, em segundo, conquistou o seu terceiro pódio no não. Sims foi o terceiro.

Pole-position, Marciello venceu de ponta a ponta, com 3s9 de vantagem sobre Derani. Sims completou o seu terceiro pódio consecutivo.

Rosenqvist terminou em sexto. A prova teve a intervenção do Safety-Car na primeira volta, devido a uma colisão entre o indonésio Sean Gelael (Double R Racing) e o alemão Lucas Wolf (URD Rennsport).

Marciello aumentou a sua vantagem na liderança do campeonato. Ele soma 434,5 pontos, contra 389 de Rosenqvist. Derani é o oitavo com 137 pontos.

A última etapa acontece em Hockenheim, na Alemanha, entre os dias 19 e 20 de outubro.

Final, prova 1:

1 – Raffaele Marciello (Dallara-Mercedes) – Prema – 24 voltas em 36’08″051
2 – Alexander Sims (Dallara-Nissan) – T Sport – 1″053
3 – Alex Lynn (Dallara-Mercedes) – Prema – 2”195
4 – Daniil Kvyat (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 7”437
5 – Eddie Cheever (Dallara-Mercedes) – Prema – 14″104
6 – Luis Derani (Dallara-Mercedes) – Fortec – 18”105
7 – Lucas Auer (Dallara-Mercedes) – Prema – 18”806
8 – Sven Muller (Dallara-Volkswagen) – Van Amersfoort – 19″333
9 – Antonio Giovinazzi (Dallara-Mercedes) – Double R – 21″119
10 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 22″122

Final, prova 2:

1 – Alex Lynn (Dallara-Mercedes) – Prema – 22 voltas em 35’18”375
2 – Alexander Sims (Dallara-Nissan) – T Sport – 5″034
3 – Daniil Kvyat (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 6”912
4 – Eddie Cheever (Dallara-Mercedes) – Prema – 7″834
5 – Lucas Auer (Dallara-Mercedes) – Prema – 9”095
6 – Luis Derani (Dallara-Mercedes) – Fortec – 11”456
7 – Antonio Giovinazzi (Dallara-Mercedes) – Double R – 12″022
8 – Sven Muller (Dallara-Volkswagen) – Van Amersfoort – 13″034
9 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 15″645
10 – John Bryant-Meisner (Dallara-Mercedes) – Fortec – 17”872

Final, prova 3:

1 – Raffaele Marciello (Dallara-Mercedes) – Prema – 22 voltas em 35’30”649
2 – Luis Derani (Dallara-Mercedes) – Fortec – 3”955
3 – Alexander Sims (Dallara-Nissan) – T Sport – 4″696
4 – Alex Lynn (Dallara-Mercedes) – Prema – 6”849
5 – Jordan King (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 15”901
6 – Felix Rosenqvist (Dallara-Mercedes) – Mucke – 16″788
7 – Daniil Kvyat (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 19”801
8 – Harry Tincknell (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 23″079
9 – Dennis Van de Laar (Dallara-Volkswagen) – Van Amersfoort – 23″630
10 – Michael Lewis (Dallara-Mercedes) – Mucke – 25″105

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *