F1: Segundo empresário, Schumacher só será consultor na Ferrari

Michael Schumacher não tem planos de ser não mais do que um consultor da Ferrari, insistiu hoje o empresário do ex-piloto, Willi Weber, negando as especulações de que o alemão estaria se preparando (e sendo preparado) para assumir o cargo de chefe da equipe em um futuro próximo.

Isso acontece devido à presença mais constante do sete vezes campeão mundial nos testes do time vermelho, onde Schumacher recebe todas as informações coletadas pela escuderia de Maranello durante os trabalhos.

“Se fosse a intenção do Michael de estar presente em todas as corridas novamente, ele deveria então continuar a ser um piloto de corridas”, declarou Weber

“O que acontece atualmente é que as pessoas tiram as conclusões erradas”, disse uma fonte da Ferrari, que também nega que o alemão será chefe do time.

“No mesmo momento em que é verdade que o Michael tem todas as informações relevantes em seu laptop e que toma parte das reuniões, é também certo que isso não significa, necessariamente, que ele se tornará um diretor”, completou o anônimo.

“Sua função está plenamente definida como consultor e Michael, por isso, quer ter todas as informações para poder dar os conselhos apropriados”, completou a fonte.

Na verdade, o poder de influência do alemão no time não tem limites e sua função iria sendo definida a medida de um maior ou menor desejo do próprio Schumacher.

Agora, surgiu também um rumor de que o supercampeão da F1 poderá testar a F2007 nos próximos meses, o que foi, logicamente, negado com veemência.

“Neste exato momento, não existe nenhum teste programado”, garantiu Sabine Kehm, assessora de imprensa do ex-piloto.

Fonte: Amigos da Velocidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *