F1: Sem marketing, João Paulo quer chegar à Fórmula 1 por mérito

O piloto brasileiro João Paulo de Oliveira, atual campeão de Fórmula 3 Japonesa, afirmou nesta quinta-feira que se tivesse um apoio maior já estaria na Fórmula 1.

“Tive que dar alguns passos para trás, como vir para o Japão após ser campeão na Alemanha porque não tinha outra opção na época. Faltou marketing, faltaram as pessoas certas nos momentos certos para empurrar, e eu poderia ter conseguido uma chance na Fórmula 1”, disse.

“Encaro que o automobilismo é resultado, por mérito você consegue novas oportunidades. O marketing ajuda, mas o piloto que não tem talento não vai se manter na Fórmula 1 por mais de um ano só com ele”, concluiu o brasileiro.

Atualmente sem empresário, o piloto aposta no teste que realizou com a Williams na semana passada para abrir as portas da categoria. Oliveira deu 32 voltas em seu primeiro teste na principal categoria do automobilismo e ficou em último lugar.

“A adaptação não é muito fácil, mas considerando o tempo que tive me adaptei bem ao carro. No começo sim, eu estava cauteloso, mas calculei a medida certa entre ser calculista e agressivo”, disse Oliveira.

Apesar de ter feito o último tempo do dia na pista de Valência, na Espanha, Oliveira disse que ouviu elogios da equipe Williams.

“Ter feito o último tempo não decepcionou, porque dos que estavam ali não conheço nenhum que já não tivesse uma boa quilometragem. E eu, com pouquíssimo tempo e com condições desiguais, fui muito bem”, disse o piloto, 24 anos, que nesta temporada deverá correr na Fórmula Nippon e Super GT500, no Japão.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *