F1: Senna tem encontro com novo chefe da Campos para definir futuro

O piloto brasileiro Bruno Senna irá encontrar-se com o novo chefe da Campos, Colin Kolles, neste domingo para definir seu futuro dentro da escuderia, de acordo com o site norte-americano SpeedTV.

Em outubro do ano passado, o sobrinho de Ayrton Senna assinou contrato com a equipe espanhola para correr a temporada 2010 da Fórmula 1. Entretanto, problemas financeiros culminaram na saída do dirigente Adrián Campos e colocaram a permanência do brasileiro em dúvida.

Se confirmada a presença do brasileiro, ele deve fazer dupla com um piloto pagante: o indiano Karun Chandhok é favorito, devido à proximidade de Kolles com Vijay Mallya, dono da Force India, onde trabalhou. Preocupado com a enorme possibilidade de a USF1 não conseguir ir à pista, o argentino Pechito López também tenta a vaga.

Caso o asiático vença a disputa, Senna reeditará a dupla que fez na iSport em 2008. Na ocasião, o brasileiro ficou com o vice da temporada, ao passo que Chandhok foi apenas o décimo colocado.

Independente de quem sejam os pilotos da Campos, eles devem enfrentar muitas dificuldades no começo do Mundial 2010. “Vou ter que limpar o caos. Eles não tinham basicamente nada. O único departamento que existia na Campos era o de software, com oito caras que nunca viram um carro de Fórmula 1 em suas vidas e que estão criando um programa de simulador. Também há dois ou três engenheiros com experiência na F1, e só”, afirmou Kolles.

Graças ao dinheiro do empresário José Ramón Carabante, que assumiu a totalidade do time, a Dallara promete finalizar os chassis já encomendados e entregá-los antes da abertura do campeonato, em 14 de março. Entretanto, não haverá tempo hábil para testes.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *