F1: Virgin admite atraso na sua programação

Problemas hidráulicos atrapalharam Glock e Di Grassi em Jerez.

Diretor técnico da Virgin Racing, Nick Wirth admitiu que os problemas hidráulicos verificados no modelo VR-01 durante os testes de Timo Glock e Lucas di Grassi em Jerez de la Frontera atrasaram a programação da escuderia. Wirth explicou o problema e espera que esteja solucionado até a bateria de testes em Barcelona, na próxima semana.

– Estamos perdendo oléo hidráulico num nível que tem limitado o número de voltas que podemos fazer em cada saída. Por isso, esperamos peças novas e atualizadas para o teste de Barcelona, onde esperamos solucionar completamente os problemas – explicou o dirigente.

Por outro lado, Wirth comentou que com tanque cheio o carro apresentou tempos consistentes, o que é um ponto positivo diante das dificuldades de um carro recém-terminado de uma escuderia nova.

Fonte: LANCEPRESS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *