F1: Stepney quer se encontrar com Todt

O jornal italiano “La Gazzetta dello Sport” publicou nesta quarta-feira (18/07), que o ex-funcionário da Ferrari, Nigel Stepney, pivô do escândalo de espionagem e sabotagem que vem abalando a F-1, quer se encontrar com Jean Todt, chefe da Ferrari.

 


No encontro o inglês pretende esclarecer a situação em que aparece como principal suspeito, com a Ferrari movendo um processo na justiça italiana contra ele.


“Stepney suspeita que algumas pessoas estão envolvidas em um complô contra ele. Agora, Nigel quer revelar esses nomes e a Ferrari já mostrou que está pronta para um possível encontro”, disse a advogada do engenheiro, Sonia Bartolini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *