F1: Super Aguri é aprovada em novo

A Super Aguri passou por mais uma etapa rumo à estréia na Fórmula 1, no GP do Bahrein. Depois de ter problemas na inscrição e esperar mais de dois meses para ser homologada pela FIA, a equipe passou sem restrições por mais um crash-test, procedimento obrigatório para verificar a segurança do carro.

Agora, resta apenas um último teste para que o modelo Aguri SA05 seja aprovado pela entidade e possa alinhar no grid de Sakhir, em 12 de março.

O Aguri SA05 é uma revisão do chassi A23, utilizado pela Arrows em 2002. Por se tratar de um modelo antigo, comentava-se que o resultado no crash-test poderia ser negativo.

Para Daniele Audetto, diretor do time, o risco não existia. “É praticamente impossível reconhecer o chassi (da Arrows 2002). Para nos adaptarmos às novas regras, a carenagem foi completamente remodelada”, explicou ao diário “La Gazzetta dello Sport”.

Feita a inscrição e com a aprovação nos testes de resistência a impactos, resta à Aguri apenas confirmar sua dupla de pilotos para a temporada de estréia. Takuma Sato é nome certo e deve ser anunciado em breve. A outra vaga é disputada por Yuji Ide e Sakon Yamamoto.

O programa de testes da equipe começa em Barcelona, entre os dias 21 e 23 deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *