F1: Diretor do autódromo de Hockenheim é demitido

A crise de Hockenheim, que ameaça o GP da Alemanha, ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (8). Segundo o diário local “Mannheimer Morgan”, o diretor do autódromo, Jurgen von Glasenapp, foi demitido.

O motivo, não divulgado oficialmente, teria sido a descoberta de irregularidades na reforma do circuito, além do desvio de dinheiro proveniente da venda de ingressos.

Embora esteja certo no calendário deste ano, o futuro de Hockenheim segue ameaçado. Na Alemanha, já se fala em promover um rodízio entre outras pistas para garantir a realização de uma etapa da Fórmula 1 no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *