F1: Super Aguri tem acesso negado ao paddock da Turquia

A equipe de Fórmula 1 Super Aguri teve seus caminhões e motorhome proibidos de entrar no circuito de Istambul, na Turquia. Devido a negação para a entrada no paddock, os caminhões estacionaram do lado de fora do autódromo esperando por uma solução.

A equipe nipônica ainda aguarda uma decisão da Honda sobre a proposta financeira feita pelo grupo alemão Weigl Group AG.


Segundo o site da revista Autosport, o diretor de operações da Honda, Nick Fry, teria informado a direção da Fórmula 1 que a equipe não correria em Istambul. O acontecimento se deu apenas um dia após Fry deixar clara a sua posição contra o apoio financeiro de Weigl.


“Parece improvável que uma empresa deste tamanho possa liderar uma escuderia de Fórmula 1, a não ser que tenham uma parceria com alguém e ainda não tenham revelado”, afirmou o diretor no último sábado.


Weigl respondeu que teria parceiros e que não entraria nessa sozinho.


Nick ainda acha que o apoio que a Honda tem dado a Super Aguri vai além do planejado inicialmente.


“Nossa posição é que a Honda tem dado todo apoio possível a Super Aguri, bem além do planejado” acrescentou o diretor da Honda.


Embora os carros da equipe estejam na Grã-Bretanha, esperando o término da conversa entre a Honda e o grupo alemão, os caminhões levam as peças sobressalantes para a Turquia.



Fonte: Lancepress!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *