F1: Suspensão da Red Bull está sob suspeita

A boa performence dos carros de Sebastian Vettel e Mark Webber nos treinos classificatórios gerou uma suspeita entre as outras equipes do grid da Fórmula 1, especialmente McLaren e Mercedes. De acordo com os rivais, o time austríaco estaria utilizando uma suspensão irregular. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) já está investigando o caso.

O sistema empregado pelo escuderia seria semelhante a uma suspensão ativa, fazendo com que o carro ficasse na mesma altura do solo independente da quantidade de combustível utilizada. Como é proibido mexer nas suspensões entre o treino de classificação e a corrida, as equipes costumam prejudicar o sábado deixando a suspensão um pouco mais alta, visto que no início da prova os monopostos já estarão automaticamente mais baixos devido à maior quantidade de combustível.

“Não sei de nada específico. Há um debate no paddock sobre o quão normal é isso e temos uma oportunidade de olhar. Francamente, trata-se de um sistema que se os engenheiros me dissessem para fazer, eu responderia que acho que não é permitido”, admitiu o chefe da McLaren, Martin Whitmarsh. De acordo com ele, se esta suspensão for aprovada, a McLaren passará a usar uma semelhante em breve.

Responsável por entregar o caso à FIA, o chefe da Mercedes, Ross Brawn, adotou a cautela ao comentar o assunto. “Acho que precisamos verificar isto até por justiça à Red Bull, já que eles estão sendo acusados. O carro deles é muito bom e não há provas de que eles estejam fazendo algo desagradável. É necessário que a FIA esclareça a situação”, afirmou.

A Red Bull, por sua vez, nega veementemente que esteja irregular.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *