F1: Teto orçamentário resolveria todos os problemas, diz Mosley

Depois de ver a crise econômica global vitimar a Honda, a Fórmula 1 já tomou algumas providências para tentar minimizar o efeito do problema nesta temporada. Para Max Mosley, presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), um teto orçamentário para todas as equipes é a solução.

‘Lembrei as equipes que essa medida solucionaria imediatamente todos os problemas. Desta forma, as equipes poderiam decidir como gastar o seu dinheiro’, declarou o presidente da FIA em entrevista à revista alemã Auto Motor und Sport. Ele se disse ‘absolutamente’ convicto de que um limite anual por equipe é a melhor solução.

‘Até agora, a Ferrari é a equipe que mais se opôs aos limites orçamentários, mas parece que inclusive eles começam a entendê-los’, declarou Max Mosley. A idéia do mandatário da FIA seria estabelecer um limite de investimento de 40 a 50 milhões de euros por equipe ao longo da temporada.

Pelo menos dois estudos sobre a eficiência da introdução de limites orçamentários na principal categoria do automobilismo já teriam sido realizados, um encomendado pela Ferrari e outro, pela FIA. Não por acaso, a equipe teria concluído que se trata de algo inviável e a instituição, exatamente o contrário.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *