F1: Tony Gaze falece aos 93 anos

Piloto foi o primeiro australiano a disputar a F-1.

Frederick Anthony Owen Gaze nasceu na cidade de Melbourne, na Austrália, no dia 03 de fevereiro de 1920. Após servir durante a Segunda Guerra Mundial, na Royal Air Force, Gaze começou a se envolver com o automobilismo, primeiro nas Provas de Subida de Montana. Ele foi um dos responsáveis em transformar uma base da RAF, no circuito hoje conhecido com Goodwood.

Em 1951, retornou a Inglaterra, competindo com um Alta de F-2. Em 1952, Gaze estreou na F-1, com um HWM, no GP da Bélgica, terminando na 15ª posição. Depois abandonou os GPs da Inglatterra, Alemanha e não se classificou para o GP da Itália. Foram sua únicas aparições em provas oficiais de F-1.

Ele também disputou diversas provas extra-campeonato de F-1. No National Trophy de 1952, disputado em Turnberry, terminou em quarto lugar. Nos anos seguintes, continuou competindo em provas de F-2.

Na metade da década retornou para a Austrália, fundando a Kangaroo Stable, que usando carros esporte da  Aston Martin, teve entre os pilotos, Jack Brabham. Aos poucos Gaze foi mudando seu interesse para as provas de Asa Delta.

Na década de 1970, ele se casou com a viúva Lex Davison, Diana, se tornando padrasto de Will e Alex, ambos pilotos do V8 Supercars Australia.

Em 2006, recebeu a Medalha da Ordem Australiana, pelos serviços prestados ao automobilismo australiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *