F1: Toro Rosso anuncia Sébastien Buemi como um dos pilotos em 2009

A direção da Toro Rosso acabou com parte do suspense e confirmou nesta sexta-feira que o suíço Sébastien Buemi será um dos pilotos da equipe para a temporada 2009 da Fórmula 1. Buemi, de 20 anos, faz sua estreia na principal categoria do automobilismo.

Em 2008, ele conciliou a disputa da versão asiática GP2, na qual foi vice-campeão, a série internacional da GP2 (foi sexto) e também era o piloto reserva da Red Bull. Antes da GP2, ele também competiu na A1, na Fórmula 3 Espanhola e na Fórmula BMW Alemã.

Buemi participou das três semanas de testes realizadas no final do ano, sendo o mais rápido da equipe nas atividades em Jerez de la Frontera (nas duas semanas de teste). Em Barcelona, no final de novembro, ele foi o pior entre os três pilotos que testaram pela Toro Rosso.

O chefe da equipe, Franz Tost, destacou a participação de Buemi na GP2 e elogiou o empenho do piloto. “Foram atuações impressionantes”, disse. Nessa categoria, o suíço ganhou a primeira bateria do GP da Hungria e ainda foi terceiro na segunda bateria do GP da Itália. Ele somou 50 pontos, 14 a menos que o brasileiro Bruno Senna, vice-campeão da versão internacional da GP2.

Buemi será o 22º piloto suíço a participar uma corrida da Fórmula 1. O último a correr foi Jean-Denis Deletraz, que defendeu a Pacific em apenas duas provas na temporada 1995. Ele abandonou o GP de Portugal e foi 15º no GP da Europa.

Em 2006, Neel Jani e Giorgio Mondini chegaram a participar dos treinos livres pela Toro Rosso e Midland, respectivamente, mas só disputaram as sessões do primeiro dia, que eram abertas aos terceiros pilotos das equipes.

O mais famoso suíço a disputar a categoria foi Clay Regazzoni, vice em 1974 e que obteve cinco dos sete triunfos do país. As outras duas vitórias foram obtidas por Jo Siffert.

“Desde que passei a correr, a Fórmula 1 é o meu objetivo. Vou fazer tudo para conseguir os melhores resultados e mostrar que não estão equivocados com a escolha”, afirmou o suíço.

Já a outra vaga está sendo disputada entre o japonês Takuma Sato e o francês Sébastien Bourdais, sendo que o primeiro é tido como o favorito para o posto, pois teve melhor desempenho nos treinos.

Titular da Toro Rosso em 2008, Bourdais também criticou a equipe, divulgando que o time queria um piloto que trouxesse patrocínios à equipe, e não apenas avaliar os resultados na pista. O francês afirmou que não teria este aporte financeiro.

Os brasileiros Rubens Barrichello e Bruno Senna revelaram interesse em pilotar pela equipe, mas a escuderia sempre trabalhou com os nomes de Buemi, Bourdais e Sato para as duas vagas.

Fonte: UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *