F1: Toro Rosso apresenta o STR2, cópia do RB3

A equipe Toro Rosso apresentou nesta terça-feira (13/02), durante um Shakedown no circuito de Barcelona, na Espanha, onde as equipes da categoria realizam testes coletivos.


E os rumores de que o carro seria uma cópia do modelo da Red Bull, equipe-irmã da Toro Rosso foram, ao menos visualmente, confirmados. O STR2 é idêntico ao RB3, o que vai provocar reclamações da Spyker e da Williams. Elas ameaçam entrar no tribunal contra a regra que permite a venda de chassis.

O bico do carro e o aerofólio são idênticos nos dois carros, assim como as os apêndices aerodinâmicos, a entrada de ar no alto do cockpit e os espelhos retrovisores. A grande diferença está nos motores. Enquanto a Toro Rosso usa o Ferrari, a Red Bull é impulsionada pelo Renault.

A pintura do STR2 novamente chama a atenção. Um enorme búfalo estilizado foi pintado, cobrindo quase toda a carenagem, dificultando a visualização dos traços do carro. Talvez para encobrir que é um clone do Red Bull.

Franz Tost, presidente da equipe, disse que o carro está dentro do regulamento e que o STR2 é totalmente diferente do RB3. O carro foi projetado no Red Bull Technology, junto com o projetista Adrian Newey, junto com os projetistas da Toro Rosso.

O piloto italiano Vittantonio Liuzzi foi confirmado com titular para a temporada, e depois da apresentação tentou fazer o shakedown com o novo carro na pista espanhola, mas o carro não foi sequer para a pista. A equipe alegou que uma bandeira vermelha no final do treino, impediu o teste. Liuzzi já estava dentro do cockpit, com o motor ligado e a equipe pronta para colocá-lo na pista. A equipe tentou, mas a direção do circuito não permitiu a prorrogação do horário dos testes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *