F1: Toro Rosso explica saída de dupla: somos uma escola de novatos

Na quarta-feira, a Toro Rosso surpreendeu ao anunciar uma nova dupla para a temporada 2012 da Fórmula 1. O australiano Daniel Ricciardo e o francês Jean-Éric Vergne substituirão o espanhol Jaime Alguersuari e o suíço Sebastien Buemi. A escuderia explicou, nesta sexta, a decisão.

Por ser a equipe ‘B’ da Red Bull, a Toro Rosso tem um papel experimental. Logo, serve de trampolim para a matriz. E, por isso, precisa sempre se renovar. Foi esse o argumento do chefe Franz Tost para justificar a demissão dos pilotos.

“Nosso espírito sempre foi o de uma ‘escola de treinamento de novatos’ e, com duas temporadas na categoria, você não é mais um novato. Pode parecer uma decisão dura, mas a F1 é um ambiente difícil e sempre fomos claros quanto a nossos princípios”, explicou ao site oficial da Fórmula 1.

Tost lamentou, contudo, que o caminho natural nem sempre é viável. “Em um mundo ideal, os pilotos se mudariam da Toro Rosso para a Red Bull, mas não há lugar no nosso time irmão nesse momento”, afirmou, em alusão ao ótimo momento do alemão Sebastian Vettel, atual bicampeão da categoria, e ao australiano Mark Webber, um dos mais regulares pilotos do circo.

Fonte: GazetaEsportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *