F1: Trabalho intenso para o GP Brasil de Fórmula 1

O prefeito municipal Gilberto Kassab vistoriou neste sábado as obras do autódromo de Interlagos, observando principalmente as áreas do box e paddock. Kassab deixou o circuito, mais tarde, satisfeito com o andamento do trabalho.

“Vamos continuar investindo no autódromo de Interlagos. O objetivo é modernizá-lo e assegurar o máximo de conforto para o público”, explicou.

Ao lado de Gilberto Kassab e do secretário de obras, Marcelo Branco, o presidente da SP Turis, Caio Luiz de Carvalho, fez um resumo das reformas anuais no autódromo, na atual gestão, destacando a redução gradativa das despesas e uma sensível melhoria na receita. Enquanto, por exemplo, em 2004, o déficit do autódromo foi de 5.2 milhões de Reais, em 2007 caiu para 799 mil Reais. E as obras prosseguem. Para o GP Brasil deste ano, dias 31 de outubro, 1º e 2 de novembro, o circuito terá um novo hospital – uma solicitação da própria FIA – além  da conclusão do módulo “M” da arquibancada com capacidade para mais 2.5 mil lugares. A adequação de Interlagos inclui ainda uma estrutura fixa para o Hospitality Centre, com possibilidades de uso para outras atividades, e melhorias na área de paddock.

“Estamos cumprindo rigorosamente tudo o que foi prometido. Interlagos estará ainda melhor este ano”, disse Caio Luiz de Carvalho. A Prefeitura Municipal tem contrato com a FOM – Formula One Management –  para a realização da corrida em Interlagos até 2014.

A reunião no autódromo, que marcou o início oficial dos trabalhos para a disputa da última etapa do Mundial de Fórmula 1, foi realizada  sob clima de grande expectativa. Através de um telão, as autoridades e um grande número de jornalistas acompanharam a última sessão de classificação para o GP de Cingapura e aplaudiram a volta final quando Felipe Massa, com Ferrari, arrancou a pole position das mãos de Lewis Hamilton.

“Nossa esperança é que Massa possa decidir e vencer no Brasil”, comentou depois o prefeito.

O presidente da CBA, Paulo Scaglione, agradeceu ao apoio da Prefeitura Municipal para atender aos pedidos da FIA . O diretor- geral da Rede Globo de Televisão, Octavio Florisbal também elogiou as condições da pista, prometendo uma excelente transmissão da corrida.

O presidente da International Promotions, Tamas Rohonyi, promotor do GP Brasil, disse que a corrida é o resultado do esforço conjunto da Prefeitura Municipal, patrocinadores, Polícia Militar e CET e uma grande emissora, a Globo. “Nós temos a única equipe brasileira especializada na realização de grandes eventos internacionais. Só assim se pode fazer um Grande Prêmio”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *