F1: USF1 não tem pressa para escolher os pilotos

A USF1 divulgou nesta terça-feira os planos para a estréia na Fórmula 1 em 2010, mas não divulgou um dos itens mais importantes de uma equipe: a dupla de pilotos. Sabe-se que a idéia inicial é que ambos sejam americanos, hipótese mais provável, mas que ainda precisa ser confirmada.

O diretor-esportivo Peter Windsor elogiou Marco Andretti, da Fórmula Indy, filho e neto de campeões do automobilismo e Graham Rahal, filho de Bobby Rahal, que também corre na IndyCar, entre os cotados. Mas o principal nome ventilado é o da musa Danica Patrick, que vem tendo bons resultados na Indy e tem o forte apelo de ser a primeira mulher a vencer em um esporte dominada por homens.


“Já mencionamos Marco e Graham Rahal, outro piloto que está aí e é filho de um astro americano. Há tantas coisas para decidir que mal posso esperar pela próxima reunião”, disse Windsor. No mesmo momento em que a USF1 anunciava seus planos em um canal de TV por assinatura, Danica Patrick comentava a possibilidade de trocar a IndyCar pela Fórmula 1.


“Não é a primeira opção da minha lista, mas conversas não matam ninguém”, desconversou. Marco e Danica têm contrato em vigor com suas equipes na IndyCar até o fim deste ano. Nomes de jovens pilotos, como Jonathan Summerton e Adam Carroll, que competem na A1GP, também correm por fora, e foram lembrados como talentos a serem lapidados, e possivelmente aproveitados pela nova equipe.


Fonte: Lancepress!


Clique aqui e comente essa notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *