F1: Vazamento de óleo tira Rubens Barrichello do GP da Alemanha

Piloto teve que abandonar a prova após o primeiro pit-stop

O Grande Prêmio da Alemanha, que aconteceu neste domingo (24), foi disputado com pit-stops decisivos que consagrou Lewis Hamilton, da Mclaren. Rubens Barrichello abandonou a prova na volta de número 16, logo depois de seu primeiro pit-stop. A equipe Williams identificou pela telemetria um vazamento de óleo no carro do brasileiro, o que fez o piloto deixar a pista de Nurburgring.

Rubens havia largado na 14ª posição, com uma estratégia programada de duas paradas nos boxes, fez uma boa largada ganhando 3 posições. O vazameto de óleo que tirou o brasileiro da corrida será investigado pela equipe, que colocou como arriscado o piloto continuar na disputa.

“Estávamos indo muito bem depois de fazer uma boa largada e uma estratégia confortável de duas paradas, mas, depois do primeiro pit-stop, a equipe me chamou para os boxes por um vazamento de óleo. Eu queria continuar. No entanto, a equipe disse que não havia nenhuma maneira, e essa foi a decisão certa. A pista estava escorregadia no início, mas a questão principal foi o tempo frio o que torna difícil obter a temperatura nos pneus.”

A próxima etapa da Fórmula 1, o GP da Hungria, em Hungaroring, acontece no próximo domingo (31).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *