F1: Verstappen critica desempenho irregular da Red Bull no Bahrain

O desempenho da Red Bull no Grande Prêmio do Bahrein desagradou Max Verstappen. Sem conseguir brigar em condição de igualdade com os primeiros colocados em nenhum momento, o piloto holandês revelou que “sobreviveu” durante a corrida, terminando na quarta posição por conta da entrada do Safety Car na reta final, que o impediu de ultrapassar Leclerc.

Após o GP, Verstappen atacou com a sinceridade e disse que não ficou muito desapontado por perder um pódio porque a Red Bull “não merecia” e que o carro não estava melhor na corrida que na classificação. “Eu não tive uma volta em que senti que estava bem. Era só uma questão de sobreviver e chegar”, disse o piloto ao Motorsport.

“As mudanças de preparação feitas para a qualificação foram na direção errada, e então você não pode mudar isso. Por isso, a corrida também não foi boa. Eu estava com problemas de aderência, então estava deslizando muito e administrando meus pneus até o final”, comentou.

Em determinado momento da corrida, Verstappen chegou a estar 30s atrás do líder da corrida no momento, Charles Leclerc. Depois, porém, a Ferrari do jovem monegasco sofreu com um problema no cilindro a 10 voltas do fim, que custou a vitória, conquistada por Lewis Hamilton. O resultado, inclusive, foi melhor do que deveria ser para a Red Bull, segundo o holandês.

“Marcamos mais pontos do que esperávamos. Nessa frente maximizamos o resultado”, analisou. “Nós temos que fazer melhor. O campeonato é longo e agora estamos tendo um momento difícil. Então você tem que ter certeza de não perder muitos pontos. Nada aconteceu ainda, mas temos que melhorar”, finalizou Verstappen, terceiro no campeonato de pilotos, 17 pontos atrás do líder Valtteri Bottas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *