F1: Vettel imita Schumacher no pódio e diz que ‘foi uma sensação incrível’

Após imitar Schumacher, regendo o hino italiano, na comemoração pela vitória no Grande Prêmio da Itália, em Monza, o piloto mais jovem da Fórmula 1, Sebastian Vettel, da Toro Rosso, declarou que apesar do tempo ruim a equipe trabalhou bem.

“A pista estava muito escorregadia, porém consegui manter o carro. Apesar da pressão em manter o carro sem parar muito no boxes, foi uma excelente estratégia, era preciso manter o controle e a distância dos piltos que se aproximavam e isso foi incrível”, diz o mais jovem vencedor da Fórmula 1.


O segundo colocado, Heikki Kovalainen, elogiou o bom desempenho do jovem alemão e disse que apesar da chuva forte, lutou o máximo para fazer o melhor tempo em Monza, grantindo pontos importantes para a McLaren.


“O Sebastian foi forte, apesar da pressão eu lutei para um melhor tempo, porém no final foi mais fácil e somamos pontos importantes para equipe. Não foi fácil para ninguém, todos tiveram problemas e isso as equipes sabiam desde o começo da corrida”, explicou o piloto finlandês.


Já Robert Kubica, da BMW, destacou que a única coisa positiva na prova foi manter a estratégia da equipe no começo ao fim em relação ao tempo em Monza. “Durante a corrida foi dificil. A única coisa positiva foi que conseguimos manter a estrategia em relação ao tempo. Após os boxes consegui me recuperar e manter o carro na pista, foi um bom ritimo”.


Em casa, a escuderia italiana Toro Rosso, Minardi até 2006, faz a sua primeira vitória na Fórmula 1.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *