F1: Voltando à F-1, Pirelli quer esquecer problemas do passado

Após a FIA ter anunciado que a Pirelli será a nova fornecedora de pneus na Fórmula 1, a imprensa européia começou a duvidar da capacidade da empresa italiana, lembrando a má reputação que ela tinha quando já esteve na categoria.

O chefe de competições,Paul Hembery, tratou de rechaçar a possibilidade de haver novos problemas. “Algumas pessoas gostam de viver no passado. Claro que tivemos esses problemas, mas o que desenvolvemos foi um pneu muito agressivo nas classificações. Nos últimos 20 anos, as regras e tecnologias mudaram significantemente”, afirmou à revista alemã Auto Bild.

Hembery também comentou a falta de experiência da Pirelli na Fórmula 1, mas, segundo ele, isso atrapalhará apenas nas pistas que não estiverem na Europa. “Conhecemos as características de muitas pistas europeias pela GP3. As pistas mais distantes são extremamente desconhecidas por nós. Por isso iremos adotar uma abordagem mais conservadora sobre os tipos de compostos”, informou.

Para completar, o dirigente afastou que a Ferrari possa ter algum tipo de favorecimento por também ser italiana. “A única vantagem para a Ferrari é que ambos falamos italiano e gostamos de massas”, brincou.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *