F1: Williams assina contrato de três anos com a Toyota

A Williams assinou um contrato de três anos com a Toyota para que a montadora japonesa já se torne sua fornecedora de motores na temporada da Fórmula 1 no ano que vem. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo site da revista especializada inglesa Autosport.

A equipe inglesa, uma das mais tradicionais da principal categoria do automobilismo, já vinha negociando um acordo com a Toyota desde o ano passado. A fábrica conta com equipe própria na Fórmula 1 desde 2002 e vinha vendendo propulsores para a Midland nos dois últimos anos.

Em 2006, depois de perder a parceria com a BMW, que passou a contar com equipe própria depois da compra da antiga Sauber, a Williams saiu à caça de uma nova grande montadora que pudesse entrar em seu lugar. No entanto, a Toyota não se dispunha a trabalhar com uma terceira escuderia e preferiu esperar o fim do acordo com a Midland para acertar um novo compromisso.

Por essa razão, a equipe de Frank Williams assinou um contrato de um ano de fornecimento de motores com a Cosworth, passando a pagar pelas unidades, mesmo em um contexto em que seu orçamento diminuiu.

Informações dão conta que o negócio entre Williams e Toyota teria sido sacramentado depois do Grande Prêmio de Mônaco, disputado em 28 de maio, embora o anúncio oficial só seja feito na etapa do Canadá.

Além disso, reuniões técnicas entre as duas partes já vinham acontecendo desde a abertura da temporada, no Bahrein, faltando apenas acertar as bases comerciais.

A próxima etapa da Fórmula 1 em 2006 está marcada para o dia 11 de junho, este domingo, o Grande Prêmio da Inglaterra, em Silverstone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *