F1: Williams oferece ‘empréstimo’ de jovem alemão à Ferrari

As trapalhadas protagonizadas por Luca Badoer em seu retorno à Fórmula 1 vêm fazendo surgir um grande número de boatos nos bastidores da categoria. Após Giancarlo Fisichella e Anthony Davidson vibrarem com uma eventual possibilidade de guiar a Ferrari, foi a vez de a Williams comentar o assunto sem ser convidada: a inusitada ideia da equipe inglesa é emprestar o alemão Nico Hulkenberg, atual líder da GP2, aos italianos até que a recuperação de Felipe Massa seja cumprida.

Badoer, que interrompeu uma ausência como piloto profissional de dez anos para substituir Massa em Valência, foi apenas o 17º colocado daquela prova com direito a um erro no pit lane. Na Bélgica, começaram os treinos livres nesta sexta-feira e o veterano não melhorou, fechando o dia na última posição.

Com tantos problemas, Fisichella e Davidson já haviam falado com entusiasmo sobre a vaga que pode ser aberta na Ferrari, e agora é a Williams quem também enxerga uma oportunidade. “Nós emprestaríamos Nico, mas não acho que eles concordariam em treiná-lo para nós”, disse o diretor técnico dos ingleses, Sam Michael, à revista alemã Auto Motor und Sport.

Hulkenberg, 22 anos, é piloto de testes da Williams desde 2007 e vem brilhando nesta temporada na GP2, categoria da qual é o líder com 20 pontos de vantagem para o segundo colocado, o russo Vitaly Petrov. O alemão já havia sido muito elogiado nesta quinta por Frank Williams, que pode apostar no novato caso Nico Rosberg deixe a escuderia.

Fonte: Gazeta Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *