F2: Andy Soucek fecha o ano com vitória

O espanhol Andy Soucek venceu neste domingo (1º/11), em Barcelona, na Espanha, a 16ª e última etapa da temporada. Foi a 7ª vitória do campeão no ano, a terceira consecutiva. O italiano Nicola de Marco e o canadense Robert Wickens completaram o pódio.

Na largada Soucek superou o pole-position Wickens, com o canadense perdendo mais uma posição, para De Marco, na primeira curva. O austríaco Philipp Eng largou mal, caindo da terceira para a nona posição.

Um segundo mais rápido por volta do que os rivais, Soucek foi aumentando a sua vantagem volta a volta, com De Marco se defendendo dos ataques de Wickens, que não conseguia achar ponto para a ultrapassagem.

No meio do pelotão as disputas eram mais intensas. O croata Milos Pavlovic e o inglês Jason Moore rodaram, com ambos retornando a prova. O sueco Sebastian Hohenthal tentou ultrapassar o inglês Jack Clarke com os carros de tocando. Pouco depois o sueco rodou, abandonando.

Ainda com esperanças de terminar entre os três primeiros do campeonato, e receber a Superlicensa (o documento necessário para disputar a F-1), o italiano Mirko Bortolotti abandonou na 8ª volta.

 Ao final das 20 voltas o espanhol venceu com sete segundos de vantagem sobre De Marco. Com o terceiro lugar Wickens garantiu o vice-campeonato. O lituano Kazim Vasiliauskas foi o 4º, seguido pelo alemão Tobias Hegewald e o francês Tristan Vautier. O russo Mikhail Aleshin e o francês Julien Jousse completaram a zona de pontos.

Campeão soucek somou 115 pontos, 51 a mais do que o vice-campeão Wickens. Aleshin terminou em 3º, com 59. Os três receberam a Superlicensa.

O brasileiro Carlos Iaconelli, que não disputou as duas últimas provas, terminou em 11º, com 21 pontos.

Final:

1 – Andy Soucek – 20 voltas em 33m43s273
2 – Nicola De Marco – 7.538
3 – Robert Wickens – 9.645
4 – Kazim Vasiliauskas – 10.197
5 – Tobias Hegewald – 14.652
6 – Tristan Vautier – 19.626
7 – Mikhail Aleshin – 21.529
8 – Julien Jousse – 21.892
9 – Philipp Eng – 24.201
10 – Armaan Ebrahim – 25.618
11 – Jolyon Palmer – 26.809
12 – Alex Brundle – 31.834
13 – Natacha Gachnang – 32.857
14 – Jack Clarke – 38.459
15 – Tom Gladdis – 39.156
16 – Jason Moore – 39.615
17 – Henri Karjalainen – 44.476
18 – Ollie Hancock – 44.811
19 – Milos Pavlovic – 1:09.899
20 – Pietro Gandolfi – 1:16.682
21 – Jens Hoing – 2 voltas

Abandonos:
Sebastian Hohenthal – 10 voltas
Mirko Bortolotti – 8 voltas

Campeonato, final:

1 – Andy Soucek 115
2 – Robert Wickens 64
3 – Mikhail Aleshin     59
4 – Mirko Bortolotti     50
5 – Julien Jousse 49
6 – Tobias Hegewald 46
7 – Kazim Vasiliauskas 45
8 – Philipp Eng 39
9 – Milos Pavlovic 29
10 – Nicola De Marco 25
11 – Carlos Iaconelli 21
12 – Edoardo Piscopo 19
13 – Tristan Vautier 9
14 – Henry Surtees 8
15 – Henri Karjalainen 7
16 – Sebastian Hohenthal 7
17 – Armaan Ebrahim 7
18 – Jack Clarke 6
19 – Alex Brundle 5
20 – Tom Gladdis 4
21 – Jolyon Palmer 3
22 – Jason Moore 3
23 – Natacha Gachnang 2
24 – German Sanchez 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *