F2: Andy Soucek vence segunda prova em Brno

O espanhol Andy Soucek venceu neste domingo (21/06), a quarta prova da temporada, encerramento da segunda rodada dupla, em Brno, na República Checa. O russo Mikhail Aleshin foi o 2º, seguido pelo italiano Nicola De Marco.

Na largada o pole-position, o inglês Henry Surtees e o segundo no grid, o russo Mikhail Aleshin, ficaram parados, com o italiano Nicola De Marco assumindo a liderança. Na primeira curva Soucek superou o francês Julien Jousse, pela segunda posição.

Na segunda curva um múltiplo acidente envolveu sete carros, com o inglês Alex Brundle, o finlandês Henri Karjalainen, o espanhol German Sanchez, o italiano Pietro Gandolfi e o brasileiro Carlos Iaconelli abandonando. O alemão Jens Hoing e o canadense Robert Vickens continuaram, com Vickens abandonando na 2ª volta.

De Marco manteve a ponta até cometer um pequeno erro na 10ª volta, caindo para a 4ª posição. Soucek assumiu a primeira posição, vencendo com 2s165 de vantagem sobre Jousse. Nas voltas finais De Marco superou o compatriota Edoardo Piscopo, garantindo ao menos o seu primeiro pódio na categoria. O croata Milos Pavlovic foi o 5º, seguido pelo indiano Armaan Ebrahim. O alemão Tobias Hegewald e o lituano Kazim Vasiliauskas, completaram a zona de pontuação.

Vencedor da prova de sábado, o italiano Mikko Bortolotti abandonou na 6ª volta, após uma colisão com o alemão Sebastian Hohenthal.

Bortolotti lidera o campeonato com 21 pontos, um a mais do que Vickens. Aleshin em 3º, soma 17. Jousse, com 16, é o 4º, seguido por Soucek, com 15.

Grid:

1 – Henry Surtees – 1’48″006
2 – Mikhail Aleshin – 1’48″151
3 – Nicola De Marco – 1’48″170
4 – Julien Jousse – 1’48″286
5 – Andy Soucek – 1’48″332
6 – Milos Pavlovic – 1’48″392
7 – Edoardo Piscopo – 1’48″392
8 – Mirko Bortolotti – 1’48″168 **
9 – Robert Wickens – 1’48″506
10 – Henri Karjalainen – 1’48″622
11 – Carlos Iaconelli – 1’48″644
12 – Tobias Hegewald – 1’48″717
13 – Philipp Eng – 1’48″778
14 – Tom Gladdis – 1’48″838
15 – Alex Brundle – 1’48″896
16 – German Sanchez – 1’48″909
17 – Armaan Ebrahim – 1’48″959
18 – Kazimieras Vasiliauskas – 1’49″229
19 – Sebastian Hohenthal – 1’49″907
20 – Jack Clarke – 1’50″099
21 – Natacha Gachnang – 1’50″237
22 – Joylon Palmer – 1’50″265
23 – Jens Hoing – 1’50″870
24 – Pietro Gandolfi – 1’50″912
25 – Jason Moore – 1’51″189

** Punido com a perda de cinco posições por ter ultrapassado a posição de largada na primeira prova.

Final:

1 – Andy Soucek – 14 voltas em 30m43s788
2 – Julien Jousse – 2″165
3 – Nicola De Marco – 7″075
4 – Edoardo Piscopo – 10″044
5 – Milos Pavlovic – 11″498
6 – Armaan Ebrahim – 14″426
7 – Tobias Hegewald – 18″198
8 – Kazimieras Vasiliauskas – 18″864
9 – Philipp Eng – 19″477
10 – Tom Gladdis – 20″725
11 – Jason Moore – 26″764
12 – Sebastian Hohenthal – 28″067
13 – Jens Hoing – 38″498
14 – Joylon Palmer – 56″838
15 – Jack Clarke – 58″400
16 – Henri Karjalainen – 1 volta

Abandonos:

Natacha Gachnang – 10 voltas
Mirko Bortolotti – 6 voltas
Robert Wickens – 2 voltas
Carlos Iaconelli – 0 volta
Alex Brundle – 0 volta
German Sanchez – 0 volta
Pietro Gandolfi – 0 volta
Henry Surtees – 0 volta
Mikhail Aleshin – 0 volta

Volta mais rápida: Nicola De Marco 1’50”011

Campeonato:

1. Bortolotti 21; 2. Wickens 20; 3. Aleshin, Jousse 16; 5. Soucek 15; 6. Eng 12; 7. De Marco 10; 8. Iaconelli, Piscopo 9; 10. Vasiliauskas 7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *