F2: Charles Leclerc e Norman Nato vencem em Baku

O monegasco Charles Leclerc (Prema) e o francês Norman Nato (Arden) foram os vencedores da quarta etapa da temporada, disputada em Baku, no Azerbaijão.

Prova 1:

No sábado (24/06) Leclerc venceu a primeira prova. Foi a sua terceira
vitória no ano. O holandês Nyck De Vries (Rapax) e o canadense Nicholas Latifi (DAMS) completaram o pódio.

Pole-position Leclerc manteve a ponta na largada. Logo na segunda volta o venezuelano Johnny Cecotto (Rapax) bateu na curva 2, provocando o primeiro Safety-Car.

Com a prova reiniciada Leclerc rapidamente abriu vantagem, com De Vries superando Latifi pelo segundo lugar. A prova seguiu sem incidentes até as paradas nos boxes.  Pouco depois, na 10ª volta, o sul-africano Nabil Jeffri (Trident) bateu na curva sete, acionando o Safety-Car Virtual. Não demorou e o carro de segurança retornou, com a batida do francês Louis Deletraz (Racing Engineering) na 12ª volta.

Leclerc começou a ser pressionado por De Vries, quando na 25ª volta, o indonésio Sean Gelael (Arden) bateu na curva oito, bloqueando a pista. A bandeira vermelha foi acionada, com a prova sendo encerrada na sequencia. As posições finais foram definidas pela volta anterior. Leclerc venceu, seguido por De Vries e Latifi.

O russo Artem Markelov (Russian Time) terminou em quarto, seguido por Nato e o britânico Jordan King (Racing Engineering).

O britânico Oliver Rowand (DAMS), o alemão Ralph Boschung (Campos), o espanhol Sergio Canamasas (Trident) e o russo Sergey Sirotkin (ART) fecharam a zona de pontos.

O brasileiro Sérgio Sette Câmara (MP Motorsport) terminou na 13ª posição.
Com o grid invertido com os oito primeiros, Boschung garantiu a pole para a segunda prova.

Final, prova 1:

1 – Charles Leclerc – Prema – 24 voltas em 52’33″196
2 – Nyck De Vries – Rapax – 3″469
3 – Nicholas Latifi – DAMS – 6″390
4 – Artem Markelov – Russian Time – 11″694
5 – Norman Nato – Arden – 17″074
6 – Jordan King – Racing Engineering – 18″570
7 – Oliver Rowland – DAMS – 19″090 *
8 – Ralph Boschung – Campos – 21″348
9 – Sergio Canamasas – Trident – 22″870
10 – Sergey Sirotkin – ART – 24″042
11 – Gustav Malja – Racing Engineering – 24″828
12 – Nobuharu Matsushita – ART – 25″696
13 – Sergio Sette Camara – MP Motorsport – 29″675
14 – Sean Gelael – Arden – 33″101
15 – Robert Visoiu – Campos – 33″320
16 – Luca Ghiotto – Russian Time – 49″207
* Punido em dez segundos

Volta mais rapida: Charles Leclerc 1’54″025
Abandonos:

Louis Deletraz – Racing Engineering – 12
Nabil Jeffri – Trident – 10
Antonio Fuoco – Prema – 7
Johnny Cecotto – Rapax – 2

Prova 2:

Neste domingo (25/06) Nato venceu a segunda prova. Foi a primeira vitória de Nato no ano. O francês recebeu a bandeirada atrás de Leclerc, herdando a vitória depois que Leclerc foi punido, caindo para a segunda posição. Latifi fechou o pódio novamente.

Na largada Rowland superou o pole Boschung, assumindo a ponta. Rowland liderou até oitava volta, quando o cambio quebrou, deixando a ponta para Nato.

Saindo da oitava posição, Leclerc foi ganhando posições, assumindo a liderança, ao ultrapassar Nato na 18ª volta. Porém por não diminuir a velocidade sob bandeiras amarelas, o monegasco recebeu uma punição de dez segundos. Caindo para a segunda posição.

King foi o quarto, seguido por Sirotkin e Markelov. O japonês Nobuharu Matsushita (aART) e o italiano Luca Ghiotto (Russian Time), fecharam a zona de pontos da prova curta. Câmara terminou na décima posição.

Leclerc lidera com 122 pontos, seguido por Rowland com 80.

A próxima etapa acontece no Red Bull Ring, nos dias 8 e 9 de julho.

Final, prova 2:

1 – Norman Nato – Arden – 21 giri 40’30″601
2 – Charles Leclerc – Prema – 8″717
3 – Nicholas Latifi – DAMS – 11″574
4 – Sergey Sirotkin – ART – 12″792
5 – Artem Markelov – Russian Time – 12″890
6 – Nobuharu Matsushita – ART – 14″472
7 – Luca Ghiotto – Russian Time – 16″888
8 – Ralph Boschung – Campos – 21″387
9 – Sergio Sette Camara – MP Motorsport – 27″343
10 – Sean Gelael – Arden – 27″827
11 – Robert Visoiu – Campos – 31″612
12 – Antonio Fuoco – Prema – 32″664
13 – Gustav Malja – Racing Engineering – 34″645
14 – Johnny Cecotto – Rapax – 35″789
15 – Sergio Canamasas – Trident – 49″213
16 – Louis Deletraz – Racing Engineering – 57″152
17 – Nabil Jeffri – Trident – 1’38″931

* * Punido em dez segundos

Volta mais rapida: Charles Leclerc 1’53″635

Abandonos:
Nyck De Vries – Rapax – 9
Oliver Rowland – DAMS – 8

Excluído:

Jordan King – MP Motorsport

Campeonato:

1.Leclerc 122; 2.Rowland 80; 3.Markelov 78; 4.Ghiotto 58; 5.Latifi 53; 6.Matsushita 52; 7.De Vries 45; 8.Nato 43; 9.King, Albon 37

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *