F2: Ramon Piñeiro vence as duas provas na Áustria

O espanhol Ramon Piñeiro venceu as duas provas disputadas no Red Bull Ring, em Spilberg, na Áustria, válidas pela 6ª etapa da temporada.

Prova 1:

No sábado (27/08), Piñeiro venceu a primeira prova. Líder do campeonato, o italiano Mirko Bortolotti foi o 2º, seguido pelo romeno Mihai Marinescu.

Pole-position Piñeiro venceu de ponta a ponta, recebendo a bandeirada com cinco segundos de vantagem sobre Bortolotti. Marinescu conquistou o seu primeiro pódio na categoria depois de um longo duelo com o britânico Alex Brundle.

O britânico Jack Clarke terminou em 5º, seguido pelo alemão Julian Theobald e o britânico Luciano Bacheta, que estreava na F2. O francês Benjamin Lariche, o britânico James Cole e o búlgaro Plamen Kralev
Completaram o pódio. Foi o primeiro ponto de Kralev na categoria.

Vice-líder do campeonato o suíço Christopher Zanella foi apenas o 12º. Depois de rodar o suiço ainda levou um drive-through, por ignorar os limites da pista.

Final, prova 1:

1 – Ramon Pineiro – 26 voltas em 36’28″200
2 – Mirko Bortolotti – 5″401
3 – Mihai Marinescu – 14″153
4 – Alex Brundle – 14″574
5 – Jack Clarke – 26″893
6 – Julian Theobald – 31″358
7 – Luciano Bacheta – 34″381
8 – Benjamin Lariche – 35″115
9 – James Cole – 41″405
10 – Plamen Kralev – 47″603
11 – Maxim Snegirev – 49″176
12 – Christopher Zanella – 51″104
13 – Sunghak Mun Sung – 53″975
14 – Armaan Ebrahim – 54″631
15 – Tobias Hegewald – 56″208
16 – Rene Binder – 4 voltas

Volta mais rápida: Mirko Bortolotti – 1’22″853

Abandonos:

Kelvin Snoeks – 13 voltas
Thiemo Storz – 6 voltas
Parthiva Sureshwaren – 3 voltas
Miki Monras – 2 voltas
Mikkel Mac – 2 voltas
Johannes Theobald – 1 volta

Prova 2:

No domingo (28/08) Piñeiro venceu pela terceira vez consecutiva. Bortolotti e Marinescu novamente completaram o pódio.

Bortolotti marcou a pole, porém foi punido com a perda de duas posições, com Zanella passando para a pole, seguido por Bortolotti;

Zanella foi superado por Piñeiro e Bortolotti logo na terceira curva. Ao contrário da prova de sábado, o espanhol não conseguiu abrir sobre o italiano que, contudo não conseguiu se aproximar o suficiente para tentar a ultrapassagem. Piñeiro venceu com 1s1 de vantagem.

Marinescu aproveitou uma escapada de Zanella na curva um, para assumir o terceiro lugar. Zanella foi o 4º, seguido pelo holandês Kelvin Snoeks e o alemão Tobias Hegewald. Completaram a zona de pontos, o russo Maxim Snegirev, Lariche, o dinamarquês Mikkel Mac e Barchetta.

Bortolotti lidera o campeonato com 223 pontos, 60 a mais do que Zanella. Piñeiro é o 3º com 122.

A próxima etapa acontece em Monza, na Itália, nos dias 1 e 2 de outubro.

Final, prova 2:

1 – Ramon Pineiro – 26 voltas em 36’07″472
2 – Mirko Bortolotti – 1″204
3 – Mihai Marinescu – 11″124
4 – Christopher Zanella – 12″709
5 – Kelvin Snoeks – 20″818
6 – Tobias Hegewald – 24″689
7 – Maxim Snegirev – 30″592
8 – Benjamin Lariche – 33″186
9 – Mikkel Mac – 33″537
10 – Luciano Bacheta – 35″887
11 – Miki Monras – 36″181
12 – Julian Theobald – 39″000
13 – Rene Binder – 41″100
14 – Thiemo Storz – 50″871
15 – Plamen Kralev – 54″890
16 – Johannes Theobald – 1’04″034
17 – Parthiva Sureshwaren – 1’05″096
18 – James Cole – 2 voltas
19 – Sunghak Mun Sung – 5 voltas

Volta mais rápida: Mirko Bortolotti – 1’22″448

Abandonos:

Alex Brundle – 4 voltas
Armaan Ebrahim – 1 volta
Jack Clarke – 1 volta

Campeonato:

1. Bortolotti 223; 2. Zanella 163; 3. Pineiro 122; 4. Monras 108; 5. Hegewald 99.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *