F3 Alemã: Com chassi 2006, Marcello Thomaz conquista seus primeiros pontos

O brasileiro Marcello Thomaz foi o sétimo colocado na 5ª etapa do Campeonato Alemão de Fórmula 3, que ocorreu na manhã deste sábado (13/05) no circuito Eurospeedway, em Lausitz.


Neste fim de semana, Marcello utiliza pela primeira vez o chassi 2006 da fábrica italiana Dallara, atendendo a um pedido da equipe Swiss Racing Team para ajudar no desenvolvimento do novo carro após a saída do piloto alemão Dominik Schraml do time.

No treino que definiu o grid de largada da prova, o brasileiro surpreendeu ao obter o terceiro melhor tempo da sessão, mas uma punição imposta aos pilotos que não teriam respeitado uma bandeira amarela, fez com que Marcello ficasse com o quinto lugar do grid. “Atendi a um pedido da equipe e assumi o volante de um dos carros 2006 nesta rodada dupla para ajudar no seu desenvolvimento, mas ainda não sei se isso vai se repetir nas próximas rodadas. Esse primeiro contato com o novo carro está sendo muito bom, com um excelente terceiro lugar. Pena que veio a punição, que é tão discutível que Ho-Pin Tung, um dos punidos, entrou com uma liminar para garantir o ponto da pole position, apesar de não largar nessa posição”, explicou Marcello.

Na largada, o brasileiro caiu para o sexto lugar, logo atrás do pole position Nico Hulkenberg. A disputa entre os dois durou quase toda a prova, mas quando restavam três voltas para o encerramento, o safey car entrou na pista. Quando a corrida foi reiniciada, Thomaz atacou o piloto alemão, mas ficou com a parte suja da pista e perdeu duas posições, recebendo a bandeirada final na oitava colocação. “Não fui bem na largada, em parte por ter ficado preso atrás do Hulkenberg, que saiu muito mal. Acompanhei o ritmo dele por boa parte da prova, mas quando fui atacar no momento que o safety car deixava a pista, fiquei na parte suja e não podia voltar porque já havia um carro posicionado no lugar onde eu estava e assim perdi duas posições”, falou o brasileiro, que subiu uma posição na classificação após uma punição imposta a Ferdinand Kool por ter feito uma ultrapassagem em bandeira amarela.

O desempenho de Marcello Thomaz em seu primeiro fim de semana de trabalho com o Dallara F306/Opel fez que, além da comemoração dentro da equipe Swiss Racing Team, o brasileiro fosse procurado pelos engenheiros alemães da Spiess viessem cumprimentá-lo pelo resultado e pela constância de suas voltas ao longo de toda a corrida. “É bom receber esse reconhecimento e espero manter o ótimo trabalho na prova de amanhã”, concluiu, o piloto que volta a pista neste domingo para a disputa do treino classificatório e da corrida válida como 6ª etapa do torneio.

O resultado da 5ª etapa foi o seguinte:

1º Ho-Pin Tung (China – Lola B06-30/Opel), 17 voltas em 25min05s968
2º Joey Foster (Grã Bretanha – Lola B06-30/Opel), a 0s960
3º Renger van der Zande (Holanda – Dallara F306/Mercedes), a 4s487 4º Nico Hulkenberg (Alemanha – Dallara F306/Opel), a 7s433
5º Harald Schlegelmich (Letônia – Dallara F304/Opel), a 7s454
6º Riccardo Azzoli (Itália – SLC R1-006/Opel), a 7s931
7º Marcello Thomaz (Brasil – Dallara F306/Opel), a 9s247
8º Cindye Allemann (Suíça – Dallara F306/Mercedes, a 9s387
9º Johannes Theobald (Alemanha – Dallara F304/Mercedes), a 9s693 10º Hiroyuki Matsumura (Japão – Dallara F306/Opel), a 10s120

A classificação geral após cinco provas:

1º Joey Foster, 37 pontos
2º Ho-Pin Tung, 31
3º Nico Hulkenberg, 30
4º Renger van der Zande, 25
5º Ferdinand Kool, 23
6º Riccardo Azzoli, 17
7º Harald Schlegelmilch, 13
8º Recardo Bruins, 12
9º Dominik Schraml, 8
10º Salvatore Gatto, 4
11º Marcello Thomaz, 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *