F3 Alemã: Rafael Suzuki coloca carro da HS Technik na primeira fila em Assen

Piloto faz sua estreia pela equipe alemã e larga em 2º nas corridas deste domingo na Holanda.

O campeonato alemão de Fórmula 3 faz, neste final de semana (08 e 09/8), duas corridas além das fronteiras de Alemanha. A 11ª e 12ª etapas do campeonato serão disputadas no circuito de Assen, na Holanda, que recebe um grande evento de automobilismo até o próximo domingo. E a rodada marca, também, a estreia do brasileiro Rafael Suzuki na equipe HS Technik – depois de ter disputado a primeira metade do ano pela Performance Racing.

E mesmo estando em fase de adaptação à nova estrutura, Rafael mostrou bom desempenho logo no primeiro dia de pista aberta. Nesta sexta-feira foram realizadas as tomadas de tempo para as corridas que serão disputadas no sábado e no domingo. Suzuki o segundo lugar para a prova de domingo, e só não larga entre os três primeiros na corrida de amanhã em razão de uma escapada em sua melhor volta na primeira sessão classificatória do dia.

“Estou muito feliz pelo resultado ter sido bom logo no início”, destacou o piloto brasileiro. “Fizemos o banco do carro ontem a tarde e hoje, no treino livre, dei apenas 20 voltas porque tivemos alguns problemas”, contou. “Mesmo sendo a mesma categoria e a mesma fabricante de chassis, o carro é completamente diferente daquele que eu guiava na Performance Racing. Mudam os pontos de freada, os pontos de reaceleração, as reações do carro por causa da suspensão, enfim, muda tudo”, comentou Rafael.

Foi por causa de uma dessas diferenças entre os carros que Suzuki deixou de estar entre os três mais rápidos do primeiro treino classificatório. Na volta em que já tinha somado as melhores parciais do treino, o brasileiro perdeu o ponto de freada na última curva e escapou da pista. “O sistema de freio também é diferente. São marcas diferentes de pastilhas e discos, então muda a reação do carro. Acabei errando quando estava para marcar a minha melhor volta que, segundo a telemetria, daria o terceiro tempo do treino”, contou Suzuki.

Depois disso, Rafael ainda teve suas duas melhores marcas canceladas por ter completado as voltas sob bandeira amarela. “Tinha pouco tempo de treino e, mesmo sabendo da bandeira amarela, eu precisava arriscar e fechar as voltas”, explicou Suzuki. O tempo que terminou válido na sessão acabou colocando o piloto da HS Technik no 11º lugar do grid. “Mas todos os problemas aconteceram no primeiro treino e, na tomada para a corrida de domingo, deu tudo certo”, ressaltou o piloto, que larga em segundo lugar na prova que fecha o final de semana na Holanda.

A pole-position para as duas provas em Assen ficou com o belga Laurens Vanthoor, que também é o líder da Fórmula 3 Alemã nesta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *