F3 Alemã: Stef Dusseldorp vence segunda prova em Oschersleben

O holandês Stef Dusseldorp, da Van Amersfoort Racing, venceu nesta segunda-feira (13/04), a segunda prova da temporada, em Oschersleben, na Alemanha. O austríaco Bernd Herndlhofer, da HS Technik Motorsport, terminou em 2º, com o brasileiro Rafael Suzuki, da Performance Racing, completando o pódio.

Saindo da segunda posição Dusseldorp contou com o erro de seu companheiro de equipe, o belga Laurens Vanthoor, o pole-position. Vencedor da prova de domingo, Vanthoor foi punido por queimar a largada, terminando na 11ª posição.

Dusseldorp venceu com 11s123 de vantagem sobre Herndlhofer, que conquistou o melhor resultado de um carro equipado com motor Mercedes nas duas provas. Suzuki, que disputa sua segunda temporada na categoria, foi o 3º.

“Esta foi uma corrida importante para o campeonato”, disse o brasileiro. “Meu carro não começou bem, mas melhorou depois que os pneus atingiram a calibragem ideal. E foi desse momento em diante que pude pressionar o (Bernd) Herndlhofer pelo segundo lugar. Acredito que teria sido possível ultrapassá-lo, mas preferi garantir o terceiro lugar depois de tomar dois ‘sustos’ com o câmbio. A terceira marcha passou a não entrar nas reduções mais fortes, e isso quase me fez rodar. Procurei, então, levar o carro até o final da prova, porque o resultado seria importante para o campeonato”, declarou o brasileiro.   

Na próxima quinta-feira Suzuki participa de um treino livre com a equipe, em Silverstone, na Inglaterra.

“Temos um mês e meio até a próxima corrida, e vamos correr atrás do prejuízo”, disse o brasileiro. “Vamos treinar no circuito completo de Silverstone, na Inglaterra, que é uma pista excelente para o desenvolvimento de qualquer carro. E, certamente, teremos outras sessões particulares antes da próxima etapa”, encerrou.

Dusseldorp assumiu a liderança do campeonato, com 19 pontos. O vice-líder Vanthoor, soma 13. Suzuki, com 11 pontos, divide a terceira posição com a suíça Rahel Frey.

Os motores Volkswagem dominaram a rodada dupla de abertura do campeonato, liderando todos os treinos livres, conquistando duas poles, duas vitórias e duas melhores voltas.

A próxima etapa acontece nos dias 22 e 23 de maio, em Nürburgring, na Alemanha.

Final:

1 – Stef Dusseldorp (Dallara 307-Volkswagen) – Van Amersfoort – 22 voltas em 30’16”978
2 – Bernd Herndlhofer (Dallara 307-Mercedes) – HS Technik – 11”123
3 – Rafael Suzuki (Dallara 307-Volkswagen) – Performance – 17”473
4 – Rahel Frey (Dallara 307-Mercedes) – Zeller – 20”520
5 – Max Nilsson (Dallara 307-Mercedes) – SRT – 32”760
6 – Willi Stendl (Dallara 307-Mercedes) – HS Technik – 35”514
7 – Markus Pommer (Dallara 307-Mercedes) – Zettl Sportsline – 39”896
8 – Nico Monien (Dallara 307-Mercedes) – Zettl Sportsline – 42”515
9 – Gary Hauser (Dallara 307-Mercedes) – Racing Experience – 42”915
10 – Vladimir Semerov (Dallara 307-Mercedes) – Zyxel RRT – 43”805
11 – Laurens Vanthoor (Dallara 307-Volkswagen) – Van Amersfoort – 43”978
12 – Shirley Van der Lof (Dallara 307-Mercedes) – Zettl Sportsline – 59”863
13 – Nicolas Marroc (Dallara 307-Mercedes) – Racing Experience – 1’00”575
14 – Adderly Fong (Dallara 307-Volkswagen) – Performance – 1’13”665
15 – Sergey Chukanov (Arttech 24-Opel) – ArtLine – 1’15”757
16 – Francesco Lopez (Dallara 304-Opel) – Woss – 1’18”882
17 – Mika Vahamaki (Dallara 304-Opel) – ADRF – 1’20”036
18 – Victor Shaitar (Arttech 24-Opel) – ArtLine – 1 volta
19 – Marco Oberhauser (Dallara 307-Mercedes) – Neuhasuer – 1 volta
20 – Nikolay Martsenko (Dallara 304-Opel) – Jenichen – 1 volta
21 – Luca Iannaccone (Dallara 304-Opel) – Leipert – 3 volta

Não largou
David Hauser (Dallara 307-Mercedes) – Racing Experience

Volta mais rápida: Stef Dusseldorp – 1’21”575

Campeonato:
1. Dusseldorp 19 pontos;
2. Vanthoor 13;
3. Frey, Suzuki 11;
5. Herndlhofer 10;
6. Pommer, Nilsson 5;
8. Oberhauser 4;
9. Steindl 3;
10 Monien 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *