F3: Edoardo Mortara vence GP de Macau

O italiano Edoardo Mortara, da Signature, venceu no domingo (22/11), a 56ª edição do GP de Macau, a mais tradicional prova extra-campeonato da Fórmula 3. Seu companheiro de equipe, o francês Jean Karl Vernay, terminou em 2º, com o inglês Sam Bird, da ART, completando o pódio.

Saindo da terceira posição do grid, Mortara fez uma ótima largada, superando o sueco Marcus Ericsson, da Tom’s e o pole-position Vernay, assumindo a liderança. Pouco depois a prova foi paralisada, devido a um múltiplo acidente causado pela batida do australiano Daniel Ricciardo, da Carlin no muro dos Esses da Solitude. Além do Campeão Inglês de F-3 mais sete pilotos abandonaram.

Na relargada Mortara abriu uma pequena vantagem, que não foi suficiente para evitar a ultrapassagem de Vernay na Curva Lisboa. Os parceiros de equipe passaram a duelar pela vitória até Vernay cometer um erro no Hairpin na 11ª volta, permitindo a aproximação de Mortara. Na volta seguinte o italiano recuperou a primeira posição.

Mortara venceu com 1s146 de vantagem sobre Mortara. Após largar em 7º e superar Ericcson na 12ª volta, Bird  ganhou a terceira posição na volta final, quando o finlandês Valterri Bottas, seu parceiro de equipe, teve problemas em uma roda.

Mortara é o primeiro italiano a vencer o GP de Macau, desde Enrico Bertaggia em 1988.

Final:

1 – Edoardo Mortara (Dallara-Volkswagen) – Signature – 15 voltas em 53m07s769
2 – Jean Karl Vernay (Dallara-Volkswagen) – Signature – 1″146
3 – Sam Bird (Dallara-Mercedes) – ART – 10″982
4 – Marcus Ericsson (Dallara-Toyota) – Tom’s – 14″988
5 – Valtteri Bottas (Dallara-Mercedes) – ART – 19″188
6 – Takuto Iguchi (Dallara-Toyota) – Tom’s – 21″406
7 – Renger Van der Zande (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 22″059
8 – Mika Maki (Dallara-Volkswagen) – Hitech – 29″005
9 – Yuji Kunimoto (Dallara-Toyota) – Now Motorsports – 33″348
10 – Jules Bianchi (Dallara-Mercedes) – ART – 35″761
11 – Victor Garcia (Dallara-Mercedes) – Fortec – 46″923
12 – Carlos Huertas (Dallara-Mercedes) – Manor – 47″111
13 – Laurens Vanthoor (Dallara-Volkswagen) – Signature – 48″036
14 – Koki Saga (Dallara-Toyota) – Le Beausset – 54″965
15 – Stef Dusseldorp (Dallara-Volkswagen) – Kolles&Heinz – 1’05″637
16 – Henry Arundel (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 1’10″699
17 – Roberto Merhi (Dallara-Mercedes) – Manor – 1 volta
18 – Alexander Sims (Dallara-Mercedes) – Raikkonen – 1 volta

Volta mais rápida: Edoardo Mortara 2’10″732

Abandonos:

Kei Cozzolino (Dallara-Mugen) – Toda – 10 voltas
Alexandre Imperatori (Dallara-Volkswagen) – Kolles&Heinz – 3 voltas
Daniel Ricciardo (Dallara-Volkswagen) – Carlin –  0 volta
Max Chilton (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 0 volta
Daniel Zampieri (Dallara-Mercedes) – Prema – 0 volta
Stefano Coletti (Dallara-Mercedes) – Prema – 0 volta
Brendon Hartley (Dallara-Volkswagen) – Carlin – 0 volta
Jake Rosenzweig (Dallara-Mercedes) – Fortec – 0 volta
Michael Ho (Dallara-Mercedes) – Manor – 0 volta
Daniel McKenzie (Dallara-Mercedes) – Fortec – 0 volta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *